Incentivo: Aprovada na OAB aos 71 anos diz qual o segredo pra passar

Postado por: Editor NJ \ 21 de julho de 2013 \ 10 comentários


**O Texto é de abril de 2013 e serve de incentivo para todos que desejam tirar proveito desta lição de vida!**

Mesmo após concluir a faculdade de Direito aos 70 anos de idade, dona Darci Mendonça Moreno não parou de estudar. Ela atribui à sua rotina diária de estudos o fato de, hoje, aos 71 anos, estar entre os aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Dos cerca de 114 mil inscritos no país, apenas 10% passaram no teste. O resultado foi divulgado na semana passada. Após checar na internet que havia sido aprovada, a primeira coisa que fez foi avisar os amigos no Facebook – rede social que acessa todos os dias.

Mãe de uma filha e avó de uma neta, Darci diz que sempre contou com o apoio da família. “Elas ficaram muito felizes”, contou a advogada, que mora sozinha em Jardim Camburi, Vitoria.

Dona Derci conta que nunca fez cursinho, pois, já que não trabalha, conseguiu ter a disciplina necessária para estudar. Mas a sua familiaridade com as provas começou muito antes, desde quando ela se aposentou pela primeira vez.

Ex-professora primária, também trabalhou como secretária executiva. E conta que, após 30 anos de serviço, ficou um ano fazendo tudo aquilo que não teve tempo de fazer antes, como viajar. Depois, começou a estudar para concursos.

Estudiosa

Darci passou em três concursos públicos, como o do Tribunal de Contas do Espírito Santo, mas optou pela Justiça Federal, onde ficou por 14 anos. “Como eu atuava na Vara de Execução Fiscal, senti que precisava do Direito.”

Assim, aos 65 anos, começou a fazer faculdade, pela primeira vez. Ela ia às aulas de manhã e trabalhava à tarde. Como trabalho de conclusão de curso, descreveu processos eletrônicos. “Hoje, os advogados mandam as petições pela internet. No futuro você não vai mais achar prateleiras de processos, cheias de papéis.”

Aos 70 anos, ela foi aposentada compulsoriamente. Dona Derci, inclusive, defende a chamada Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Bengala, que propõe aumentar para os 75 anos a idade máxima para a aposentaria compulsória dos juízes. “Eles estão no auge da sabedoria, ainda podem trabalhar.”

Como não pode mais fazer concursos por conta da idade, ela pretende advogar voluntariamente na Justiça Federal, um serviço oferecido para pessoas que não podem pagar um advogado. (Cristiana Euclydes)

categoria:

10 comentários:

  1. Esta foi a noticia mais edificante que lí no dia de hoje! Enquanto o mundo está à beira de uma guerra nuclear sem precedentes, nossos políticos muito preocupados em homofobias e coisas do gênero e nossas crianças e adolescentes curtindo justin beeber, eis que uma anciã consegue a proeza de passar na OAB, deixando para trás, milhares de jovens baixareis em direito que não fizeram parte desta lista de aprovados!
    Que Deus a ilumine, pois a diferença ela já fez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção: Bacharéis.

      No mais, concordo em gênero, número e grau com o senhor.


      Excluir
    2. "No mais, concordo em gênero, número e grau com o senhor." kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Legal, mais ela tem uma coisa que muito de nós não temos, o tempo para poder estudar tranquilamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será??? Acima conta que ela cursou a faculdade estudando pela manhã e trabalhando a tarde

      Excluir
  3. Fiquei emocionada. Que exemplo!

    ResponderExcluir
  4. Impressionante a capacidade dessa DRª,é um orgulho enorme ter uma pessoa assim na família, com essa história real me da forças para continuar estudando aos 40 anos de idade, e espero um dia poder ter esse mesmo prazer de formar e continuar em frente contribuindo para uma Brasil melhor fazendo a minha parte.

    ResponderExcluir
  5. Que testemunho edificante! Isso nos mostra que conhecimento não tem idade, mas sim, força de vontade e dedicação. Parabéns a essa senhora que, além de me motivar e encher de orgulho, é um belo exemplo para os mais jovens que ao invés de estudar e se dedicarem a algo frutífero, tem perdido tempo com bobagens...

    ResponderExcluir
  6. Minhas saudações, e meus sinceros parabéns. Efetivamente Dona Darci você é um puro exemplo de esperança e perseverança, quem busca com fé sempre alcança, entra para a lista das pessoas que quebram paradigmas, em nosso Brasil, três palavras, podem dar uma visão da grande mulher que é, Forte para destruir os obstáculos, Firme para chega aonde deseja, e fantástica por ser esta branda personalidade..... Continue vencendo, na vida, na lide e no Direito, com CRISTO...

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.