Bacharel em direito é preso com 'chupa-cabra' na zona leste de SP

Postado por: Editor NJ \ 29 de maio de 2013 \ 0 comentários

A polícia prendeu na noite de ontem (7) um bacharel em direito com uma máquina "chupa-cabra" sem fio, dispositivo eletrônico usado para clonar cartões bancários.

De acordo com o Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), Rene Alves Magalhães, 36, foi flagrado ao capturar as informações de um equipamento de pagamento instalado dentro de um açougue na avenida Barreira Grande, no Jardim Colorado (zona leste de SP). Depois de captados, os dados eram armazenados em um notebook.

Segundo o delegado Eduardo Gobbetti, titular da 3ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais), a polícia descobriu a existência de um "chupa-cabra" no estabelecimento durante uma investigação e passou a monitorar as pessoas na região.

Os policiais notaram que o ocupante de um Honda Fit usava um laptop próximo ao açougue. "Com o equipamento, o criminoso não se expõe. Ele fica dentro do carro capturando as informações dos clientes. Depois, ele produz um cartão clonado e passa a utilizá-lo em compras", explicou Gobbetti.

O delegado disse que Magalhães foi preso em flagrante no momento em que carregava no computador dados bancários de um cliente do açougue. Ao fazer buscas na casa do suspeito, os policiais descobriram equipamentos para a montagem das máquinas e cartões em branco.

Segundo a polícia, Magalhães apresentou o diploma no curso de direito, concluído em 2010 na Uniban. Ele também disse ter sido aprovado no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), mas ainda não tinha conseguido a carteira. O bacharel responderá por furto mediante fraude.

A polícia investiga agora a participação de algum funcionário no estabelecimento, que pode ter facilitado a instalação do"chupa cabra" no açougue. Magalhães não quis se manifestar sobre a acusação e disse que só irá falar em juízo.

Fonte: Folha de S. Paulo

categoria:

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.