Ministro de Dilma diz que ainda não entendeu protestos pelo Brasil

Postado por: Editor NJ \ 18 de junho de 2013 \ 6 comentários

Após os protestos ocorridos na última semana e na segunda-feira (17) em todo o país, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmou nesta terça (18) que antes de tudo é "preciso entender" o funcionamento dos novos protestos. "Não conseguimos entender o que está ocorrendo ainda. São novas formas de organização de mobilização que ainda não compreendemos".

O ministro disse que as manifestações tradicionais são com carro de som e lideranças. "Conversei com alguns manifestantes. Eles não têm líderes e é difícil entender esse comportamento."

Ontem, em breve nota oficial, a presidente Dilma Rousseff defendeu as manifestações, desde que pacíficas. "As manifestações pacíficas são legítimas e próprias da democracia. É próprio dos jovens se manifestarem", afirmou a presidente em texto divulgado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

Carvalho esteve presente na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) do Senado, onde afirmou que o órgão não realizou investigação paralela à sindicância Casa Civil na atuação de Rosemary Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo.

Ontem, o ministro se propôs a receber alguns manifestantes que protestaram em frente ao Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, antes da partida de abertura da Copa das Confederações no sábado. No entanto, apenas uma manifestante e o pai dela compareceram no Palácio do Planalto.

A estudante de ciências políticas Illyusha Montezuma, 21, conta que foi agredida ao tentar participar da manifestação. "Fui pedir informação para um policial em cima de um cavalo para saber como passar pela barreira policial e fui empurrada, levei um tapa", disse.

Na audiência, o ministro comentou a adesão em massa aos protestos. "Em relação ao conteúdo, temos que estar atentos para entender o porquê de uma adesão tão ampla e massiva. Temos que estar sensíveis; caso contrário vamos na contramão da história. Vale a pena estarmos atentos, para compreender e dar uma resposta adequada a esse novo tempo vivido pelo Brasil."

categoria: ,

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Bota tua mãe na fila do hospital pra ser atendida. Bota teu filho num colégio público e quando ele tiver na 6ª série peça pra ele ler um texto simples, sem gaguejar. Vá a uma delegacia pra registrar um boletim de ocorrência. Aí depois, seu idiota, você volta à público e diz se você entendeu alguma coisa.

    ResponderExcluir
  3. "Vou refrescar sua memória senhor ministro"
    Estudante preso por FORMAÇÃO DE QUADRILHA
    por protestar contra o aumento da tarifa
    de ônibus
    Carlinhos Cachoeira CONDENADO a 39 anos de prisão
    sai em lua de mel.
    José Genoino CONDENADO a 6 anos de prisão
    por formação de quadrilha do mensalão
    tomou posse como deputado.
    Se mesmo assim, você não conseguir entender o porque das manifestações em massa, entenderei perfeitamente a sua burrice, pois a única coisa que os senhores governantes sabem fazer, é superfaturar obras e desviar dinheiro público em benefício ao patrimônio pessoal. _l_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. elee so vai conseguir entender quando todos uma grande maioria dos Brasileiros conseguir falar com ele em uma manifestação desse vai ocorre sempre sempre o povo cansou de espera nos nao queremos mais esmola de vcs governantes queremos educação saúde segurança ... isso basta..

      Excluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.