Barbosa deve desculpas a Lewandowski

Postado por: Editor NJ \ 18 de agosto de 2013 \ 18 comentários

Na próxima quarta-feira o ministro Joaquim Barbosa deveria pedir desculpas ao seu colega Ricardo Lewandowski, diante das câmeras, na Corte. Todo mundo ganhará com isso, sobretudo ele e sua posição, que é a de mandar alguns mensaleiros a regimes carcerários fechados. Barbosa desqualificou como “chicana” uma posição de Lewandowski e, instado a se desculpar, encerrou a sessão, como o jogador que leva a bola para casa. Ao perder uma votação, já disse que “cada país tem o modelo e tipo de Justiça que merece”, como se fora um biólogo ucraniano.

 Já acusara Lewandowski de alimentar “um jogo de intrigas”. Já chamou de “palhaço” um jornalista que lhe fizera uma pergunta, mandando-o “chafurdar no lixo” e, há poucas semanas, retomou a melodia, chamando-o de “personagem menor”. Meteu-se num debate com o ministro Dias Toffoli condenando o que supunha ser o voto do colega com um argumento dos oniscientes: “Eu sei aonde quer chegar.” Não sabia. Toffoli lembrou-lhe que não tinha “capacidade premonitória” e provou: votava com ele.

Barbosa poderá vir a ser candidato a presidente da República. Mesmo que decida não entrar nessa briga, como presidente do Supremo, deve respeitar o dissenso, evitando desqualificar as posições alheias, com adjetivos despiciendos. Fazendo como faz, embaraça até mesmo quem o admira.

Há ministros que se detestam, mas todos procuram manter o nível do debate. As interpelações de Barbosa baixam-no, envenenando o ambiente. Seriam coisas da vida, mas pode-se remediá-las. Na Corte Suprema americana, antes que comecem os debates (fechados), o presidente John Roberts vai para a porta da sala e começa uma sessão de gentilezas, na qual todos os juízes se cumprimentam. Na saída, ele se apressa, volta ao lugar e recomeça o ritual. Boa ideia. Evitaria a cena de salão de sinuca ocorrida depois da sessão de quinta-feira.

Texto: Elio Gaspari
Fonte: O Globo


categoria: , , ,

18 comentários:

  1. não concordo certo o Barbosa.

    ResponderExcluir
  2. Ridículo esse textículo tendencioso. Barbosa diz o que bem entender em favor da justiça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente, uma vez que o que ultimamente barbosa julga o que de uma maneira ou outra acaba por atingir a globo, e um texto desta maneira escrito por um jornalista de lá nao merece tanto credito assim.

      Excluir
    2. Ridiculo é que voce que deve se comportar igualzinho como ele...

      Excluir
  3. Nós Brasileiros não estamos acostumados com esse palavrear de um Ministro, mas não acho que ele esteja incorreto, pois temos problemas bem mais relevantes para se discutir, ao invés de entramos nos conflitos de nossos Ministro. Desta forma, a própria constituição prevê em seu Art. 5, § 4, que é livre a manifestação de pensamento, sendo vedado o anonimado.
    Então senhores, vamos nos ater apenas em oprimir as atitudes dos mensaleiros e deixarmos para que os ministros se entendam nos corredores, pois podem ter certeza, isso acontece sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COncordo. Nos corredores, e não em plenário. Se ele cometeu um indelicadez, uma grosseria...deve se desculpar sim. E se ele estiver insatisfeito, que renove o regime interno.

      Excluir
  4. Reportagem do Globo: Formadora de opinião errada!
    Barbosa certíssimo. Lewandowski, honra o cargo que ocupas e sê honesto e justo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PERFEITO CONCORDO COM VC PLENAMENTE

      Excluir
  5. textinho besta heim, aff..nem vou gastar neurônios pra me justificar, tenho mais o que fazer..saindo aqui!!

    ResponderExcluir
  6. Formadora de opiniões deturpadas, o que ocorre é que Barbosa não tem o rabo preso e não deve nada a ninguém e por este motivo diz o que pensa na cara de seu destinatário ao invés de fazer como a maioria dos "politiqueiros" criando intriga pelas costas. Certo Barbosa, errado Lewandowski e quanto ao texto, escreve o que quer e que suporte ler o que não quer.

    ResponderExcluir
  7. Foi uma das piores matérias que já li no Nação jurídica. Infelizmente todos sabemos que 90% do que vem da mídia é tendencioso e formador de opinião.

    ResponderExcluir
  8. pq naum me surpreendo com este texto tendencioso da globo hem....

    ResponderExcluir
  9. "De nação Jurídica" esse texto não tem nada, e viva a merda da democracia!

    ResponderExcluir
  10. Apoio o ministro em tentar moralizar a casa, pois só quem ali convive sabe realmente o que se passa por trás das câmeras.

    ResponderExcluir
  11. Esse texto ta a cara do nação jurídica só podia ser mesmo em

    ResponderExcluir
  12. E o apartamento e a empresa do Min . Joaquim Barbosa, como vão? Interessante a homenagem que ele fez ao advogado, pai do Luciano Huck? A propósito o filho do Min. Joaquim Barbosa está bem profissionalmente aos 26 anos pois conseguiu com o Luciano Huck um emprego de produtor do Caldeirão!

    ResponderExcluir
  13. É em um país como o nosso as pessoas não estão acostumadas a escutarem o que não querem.
    Joaquim Barbosa, é diferente e como seria muito bom se povo fosse igual a ele... se o mesmo for o candidato a presidência do Brasil, aí sim o povo brasileiro teria uma pessoa digna de voto, e não esses "porcos" sem querer ofender os animais.

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.