Ditador da Coreia do Norte manda fuzilar ex-namorada

Postado por: Editor NJ \ 30 de agosto de 2013 \ 10 comentários

Kin Jong Un, o líder da Coreia do Norte, mandou matar a ex-namorada. ela foi fuzilada em público com mais onze outros músicos que cantavam com ela na Orquestra Nacional. Eles foram condenados a pena de morte por participação em filmes de sexo explícito, proibidos no país.

Que absurdo, não é mesmo?

categoria: , ,

10 comentários:

  1. Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. que absurdo tudo bem que é proibido no Pais deles mas o mundo evoluiu tanto q não é preciso isso... terrivel

      Excluir
  2. fonte ? em muitas notícias vocês não colocam a fonte, isso é ruim para a imagem do site.
    Horácio Rodrigues de Toledo
    Advogado
    Gurupi - Tocantins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk escrotinho... só pra dizer que é advogado. kkkkkkk

      Excluir
  3. Nação Jurídica ... deveria ao menos respeitar a parte JURÍDICA de outra NAÇÃO... por que não questiona a LEI do salario minimo ..onde na POLITICA E NO JUDICIÁRIO os salários são MAXIMO...apontar fora é fácil ...aponta para o BRASIL ...coisas piores .

    ResponderExcluir
  4. Vocês deveriam colocar a fonte, tendo em vista que sem a mesma a notícia não é tida como confiável.

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.