Advogada dá voz de prisão a oficial PM no Rio

Postado por: Editor NJ \ 13 de setembro de 2013 \ 69 comentários

Durante ato em repúdio a lei que proíbe o uso de máscaras em manifestações do Rio de Janeiro, uma advogada do grupo Habeas Corpus deu voz de prisão à um oficial da PM, que a impedia do seu pleno exercício de trabalho.

A advogada, que não teve o nome revelado, estava baseada no artigo 301 do Código de Processo Penal, que diz: "qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e seus agentes deverão prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito".

O flagrante delito alegado por ela foi o abuso de autoridade. Confira como terminou a história:



categoria: ,

69 comentários:

  1. Não passa de uma palhaça querendo aparecer, por que ela não pega um fuzil, monta em uma patamo com outros ad"E"vogados e vai para o complexo do lins dar voz de prisão aos vagabundos de lá? Fazer palhaçada e babaquice na frente de câmeras e com um policial fardado é mole.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela estava exercendo o direito dela, e o senhor 'poliça' deveria tê-la tratado de maneira mais gentil, mas como você mesmo citou, um policial fardado né! Pode abusar de quem quer que seja, afinal,FARDADO NÉ! Porque a policia é o poder supremo do nosso Estado né? Todos os princípios são embargados na pessoa do policial fardado e não no cidadão NÉ? Porque ele conhece muito de legislação NÉ! (A não ser a parte clichê de todo funcionário público desprovido de conhecimento "É crime ofender funcionário publico em exercício de sua função." Nada além disso!) Então me poupe e vamos melhorar geeente. Hipócritas fardados que não sabem nada sobre educação!

      Excluir
    2. palhaço aki so tem voçe por causa de gente qui igual a vc qui o BRASIL esta desse geitoo.

      Otarioo

      Excluir
    3. O cara nem escrever direito sabe, e ainda vem falar que o Brasil está da maneira atual em virtude de um comentário que foi totalmente condizente com a situação ocorrida. Caro amigo, o Brasil está desse "GEITO" como diz você, em decorrência de pessoas que assim como você aceitam tudo de bico calado sem questionar. Uma pessoa que mal sabe se expressar através do seu idioma nativo, vem querer chamar os demais de palhaço. Estuda um pouco mais, e se possível procure ler um pouco mais também. Quem sabe assim você terá argumentos mais plausíveis que não sejam compostos por simples xingamentos sem infundados. Grande abraço!

      Excluir
    4. O mais risório de toda discussão, é a falência da língua.
      Elvis Costa, informa-te mais. É melhor que vim falar o que não sabe '-'.

      Excluir
    5. O melhor que aconteceu ate hoje foi o fato de exigir dos pm'S curso superior, não que isso sirva de parametro para ser melhor ou pior que alguem, mas pelo menos terão mais cultura para tratar as pessoas melhores, assim como CFO só pode fazer quem é bacharel em Direito. O policial não entende de legislação e num momento quente da situação acabou extrapolando seus poderes conferidos pelo Estado e abusou do mesmo. A Advogada estava certissima, quanto a ir p casa de traficante prende-los isso é obrigação do policial que prestou concurso p/ isso e RECEBE (ainda que muito mal) para isso, ela estava exercendo seu direito de exercício, é Lei ! Está no Estatuto da Advocacia, assim como na CF/88. Lamentavel que situações ocorram dessa maneira e que as pessoas que não sabem o que falam digam tantas coisas bobas a esse respeito. Lamentavel.

      Excluir
    6. Caro amigo, é muito fácil criticar a policia exigindo um tratamento angelical repleto de educação, sendo que a própria população não respeita os policias, e só para lhe deixar informado todos os policiais passam por um preparo tanto físico quanto teórico,e advogada pode sim exercer sua função, desde que não obstrua o serviço policial dentro da legalidade, onde os agentes estavam dentro da mesma, então amigo me poupe só porque são advogados pesam que sabem e estão acima de tudo, enquanto brigam com a policia vocês deveriam ta brigando com esses políticos corruptos e parasitas, que eles sim são uns desinformados e fora da lei.

      Excluir
    7. pelo jeito você não é estudado e não entende nada de leis, direitos e deveres.

      Excluir
    8. cala boca ai boca ai troxão ! o pm esta errado e pronto

      Excluir
    9. Palhaçada é o povo brasileiro que é esfolado por grandes tributos para pagar o salario, destes policiais arrogantes e mal educados que deveriam defender o povo brasileiro, na maioria das vezes fazem vistas grossas aos marginais, se assim não fosse por que ainda existe tanto crime, mas com o popular que paga o seu salario, é arrogante mal educado usando arma de fogo na cintura e ameaçando prender... vai la prender bandido e não agir com abuso de autoridade com o povo que já ta cansado de tanta injustiça e infelizmente grande parte da corporação policial em nosso pais é corrupto, tiram o trabalho de vigilantes e segurança, com seus bicos...o camarada passou em concurso publico para ser policial, esta lá por que quer...não tá satisfeito pede pra sair ... e outra coisa foi tirar onda com advogado ela estudou cinco anos ...e não é nem é obrigado todo mundo tem direito de dar voz de prisão em policial se estiver errado ! e outra coisa chuta cachorro morto é fácil né... vai bater mal com bandido .. é de igual pra igual pois bandido anda armado e pode se defender, que tem medo de policial é o povo, bandido não vai trabalhar e tirar os bandidos da rua ... e respeite quem paga o seu salário ... e lembre infelizmente tem muito bandido fardado ... abuso de autoridade é crime ...parabéns doutora !!! outra coisa amigo se não tivesse câmera esses policiais são covardes, no minimo ela iria levar uns tapas na cara e se duvidar um tiro na nuca ...

      Excluir
    10. faço minhas as suas palavras!!!

      Excluir
    11. "O mais risório de toda discussão, é a falência da língua.
      Elvis Costa, informa-te mais. É melhor que vim falar o que não sabe". Jhonatan Queiros.
      Caro Jhonatan Queiros, há um paradoxo. Suas palavras demonstram o que você realmente não é: um sábio. E sim, apenas um HIPÓCRITA. Te aconselho que ao tentar corrigir alguém, o faça com sabedoria. Foi infeliz ao separar com vírgula, na frase, o sujeito do predicado; deveria ter usado o "vir" em substituição ao "vim" e acrescentar um "essezinho" (s) à palavra sabe. Então, Jhonatan, INFORMA-TE MAIS E CALA-TE A BOCA.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Essa "adEvogada" só queria aparecer mesmo... fala sério... Falta de marido em casa pra dar bom senso a ela, kkkk...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você é um(a) machista idiota. Falta um cérebro para dar bom senso a você.

      Excluir
    2. machista e ignorante porque esta na lei,só que ninguém esta acostumado a ver isso

      Excluir
    3. Nossa, que argumento!! Estou impressionada, o senhor também é pm do mesma área que ele? pois se igualou em ignorância.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. kkkkkkkkk, pensei que era algo sério, uma oportunista, arrogante, querendo aparecer, recomendo que ela vá na casa de algum traficante e dê voz de prisão pra ele. Direitos iguais,kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem tem que entrar na casa de traficante é a pm, meu caro amigo. Esse ônus é inerente à atividade policial militar, não de um advogado. É sempre o mesmo argumento, quando a polícia é criticada por algum ato covarde de alguém da tropa que se excede, a classe policial sugere ao crítico fazer o seu trabalho. Ora, quem é remunerado pelo estado é o PM. Mudem o disco...

      Excluir
    2. tem que exigir o minimo nivel superior para ser soldado 2ª classe das PMs do brasil os caras querem bater mal com a população de bem e com os criminosos eles tem medo por que bandido também anda armado ...só pra lembra a pm do rio é tão desqualificada, que for necessário colocar as forças armadas na rua para pacificar alguma pontos dominados pelo trafico cada os bate mal dos pm que não fizeram seu trabalho ... depois vem bater mal com advogados ... qui tem bala na agulha mano ... só que a munição e formação universitária !!!

      Excluir
    3. Meu caro cidadão, como você fala de tanto conhecimento mas não parece ser sábio, deixa eu só fazer uma colocação; hoje, as maiores pessoas ignorantes são aquelas que dizem ter um curso ou doutorado e não sabem como se comportar diante de uma situação dessa, porque se eu tenho conhecimento intelectual como poderia comportar dessa maneira ela poderia se impor sem essa novela toda e o pior você faz uma crítica de uma cena como esta, não defendo um lado nem o outro, eu me preocupo e com a falas de cidadãos que estão dando ênfase a essa cena ridícula e infeliz de todos os envolvidos

      Excluir
  5. Todos querem direitos, mas obrigações e responsabilidades não. A lei garante a manifestação, mas que seja pacífica. Todavia, quem quer ficar mascarado é porque não tem intenção de pregar a paz e sim a baderna. Defender mascarado é fácil quero ver combater o crime com palavras. Dar voz de prisão a quem esta no cumprimento da lei é fácil, quero ver prender a bandidagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E onde é que a lei diz que andar mascarado é o mesmo que pregar a baderna? Não existe isso. E outra, quem tem que prender bandido é a polícia, que é paga e formada para isso.

      Excluir
    2. Será que é tão difícil perceber que é possível exercer a função policial sem abusar dos direitos há muitos conquistados e positivados na Cf/88?Nada contra polícia,mas é visível que muitos usam o poder que tem conferido pelo o Estado ,como máscara para cometer atos ilícitos.Deviam ter vergonha de se dizerem responsável pela harmonia social,pois afinal é pra manter a ordem que vocês são chamados.

      Excluir
  6. Excelente forma de atuação, uma vez que, presente e gritante era o abuso de autoridade patrocinado pelo servidor público no exercício de sua função. Outro fato para aqueles que alegam servir a sociedade na condição de policial é a necessidade de se conhecer o básico do nosso ordenamento jurídico, sob pena de colocar em risco a manutenção da segurança dos jurisdicionados, e assim sendo, legítima foi a atuação da advogada, devidamente amparada pelas lições que emanam do art. 301 do Código de Processo Penal, contudo, embora ela tenha feito a nível de excelência o seu papel, não posso furtar-me do fato de que o corporativismo impera na nossa sociedade e seus efeitos nestas circunstâncias, poderia inviabilizar de fato a prestação da tutela jurisdicional do Estado, sobretudo, no que diz respeito às alegações que oportunizaram o conflito em tela, pois, considerando que os atos do agentes públicos revestem-se dos laços da legalidade, marcado, portanto, pela boa fé (sentido amplo), o servidor (PM) tentaria, como objeto de defesa, invocar a auto-executoriedade.

    ResponderExcluir
  7. "A farda modela o corpo e atrofia a mente"
    Che Guevara

    como ficam valentes e poderosos quando colocam a farda, e sentem-se protegidos atras da corporação
    e de uma ponto quarenta, tenho mais medo de um policial do que de um bandido.pois um bandido posso enfrenta-lo de igual para igual. o "poliça" não.não sei se canto você com um revolver na mão e um bicho feroz, de bezerra da silva ou veraneio vascaína de renato russo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O senhor enfrenta um bando de igual para igual caro amigo. Já que utiliza desse termo, por qual motivo vossa senhoria não sai as ruas combatendo o trafico. A, não pode pois é uma ação do Estado fazer isso.
      Quando estiver precisando de ajuda, não se atente em ligar ao "190", mas sim ao bandido. Pelo menos ele, em sua palavras, o tratará de igual para igual.

      Excluir
    2. Pode enfrentar um bandido de igual pra igual amigão? eu vejo qta gente toma um tiro na cabeça msm dando o q o marginal pede... só rindo msm

      Excluir
    3. Cada um escolhe a profissão que tem e prender bandido é o munus da polícia. Se esta cansado de enfrentar bandido que peça baixa e vai vender picolé na praia.

      Excluir
    4. Esse DEMENTE do adeilson pereira nunes, usa uma frase IDIOTA de um MARGINAL, TERRORISTA, chamado Che Guevara, para denegrir a imagem de um policial trabalhando legitimamente, defendendo a população.

      Vc sabe quem foi Che Guevara seu F D P ?

      Foi o comandante dos campos de concentração cubanos.

      Ele mandou matar MILHARES DE CUBANOS, só porque não aceitavam o que ele pregava, o COMUNISMO.

      E outra coisa muito importante, essa PIRANHA aí não é Advogada não é estudante de Direito, portanto estava lá ILEGALMENTE.

      Ela não poderia participar da turma da OAB RJ que estava lá para proteger os manifestantes honestos.

      O Major poderia prendê-la por exercício ilegal da profissão.

      Excluir
    5. adeilson pereira nunes, F D P, já que você ODEIA A POLÍCIA MILITAR, quando marginais INVADIREM SUA CASA, não ligue 190 não viu ?

      OFEREÇA SEU CÚ ARROMBADO, PARA O LADRÃO E DEPOIS SIRVA UM BELO ALMOÇO OU JANTAR PARA ELE.

      Excluir
    6. PRIMEIRO " O ANONIMO IMBECIL" SEI SIM QUEM FOI O COMANDANTE CHE QUEM MIM DERA TER A HORA DE LUTAR DO LADO DELE E ACABANDO COM A TIRANIA E COVARDIA DOS HOMENS DE FARDA ,,,O CHE LUTOU POR UM MUNDO MELHOR AQUI E NA AFRICA e foi morto algemado e ferido por um covarde oficial que o metralhou pelas costa.. segundo o retardado ela não estava advogando logo não podia ir presa por execício ilegal da profissão... terceiro se precisar do 190 fatalmente morreria sem ajuda nunca atende... quarto ao falar em cu arrombado vc deve ser uma bicha de armário e entendedor do assunto,,,quinto não odeio a PM tenho vários e bravos amigos e parente na corporação que com certeza não agi como esse major...fernando reis eu não disse tratara eu disse enfrentar... não tenho medo de bandido se vacilar mando ele pra onde ele quer mim mandar... não saio a rua combatendo o trafico pois e tutela do estado e ja pago onerosos imposto pra esse trabalho que diga de passagem fazem mal senão não averia uma boca de fomo em cada esquina ... minhas expressões aqui são as impressões que vi em loco de muito abuso das autoridade policial no dia 07 de setembro....não estou geralisando existe claro muito policial bom e honesto

      Excluir
  8. Como sempre uma gravação recortada, envolvendo as Policiais Militares.
    Tenho fé no principio constitucional em que "todos são iguais perante a lei", mas pelo que vi no video, e pergunto ainda qual o crime que o militar estava sendo acusado.
    A mídia autônoma e alguns canais sociais colocam os "baderneiros-manifestantes" como deuses nos dias atuais, onde retratam apenas a ação coercitiva empregada pelo Estado sobre eles, mas não os fatos anteriores, motivador de tal ação.

    ResponderExcluir
  9. Conseguiu o minutinho de fama e o apoio dos que odeiam a Polícia hahahaa olha os operadores do Direito... Por isso estamos como estamos... Os que deveriam zelar pela lei e pela ordem querem confrontá-la

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana, mas alguém pode postar o nº desse flagrante no qual a advogada funciona como comunicante??? Sim, porque se ela deu voz de prisão ela conduziu o caso a delegacia e o apresentou a Autoridade de Plantão, que após apreciar o fato confirmou ou não o flagrante. Se confirmou ela foi a apresentante e o policial o preso ou autor. Ou estou errado???

      Excluir
    2. Minutinho de fama da advogada? Acho que não, colega. Perceba que o major alega que a advogada comete o crime de desacato, inclusive por apontar o dedo contra o mesmo, e pede que o abaixe. Mas o engraçado é que ele fala tudo isso esbravejando e com o dedo em riste também contra a advogada. Não parece um contrassenso por parte do major? Mandar que uma pessoa abaixe o dedo e ele mesmo apontar o dedo contra ela? E por qual razão o major não a conduziu no "corró", já que alega que a advogada o desacatou? A resposta é porque ele sabe que se excedeu e que falava com uma conhecedora da lei, principalmente porque estavam filmando, ocasião em que não poderia mais se exceder. O problema seria se ela estivesse sozinha, sem pessoas testemunhando os fatos, quando a advogada correria o risco de ser agredida até fisicamente, como fazem muitas fazes com os menos favorecidos economicamente.

      Excluir
  10. Existem bons e maus policiais; existem os que conhecem as leis a que se reportam e outros que não as conhecem; existem policiais que atuam com firmeza mas dentro dos limites que lhes é permitido e, outros, que atuam com truculência e sem nenhuma consideração com o seu semelhante. O vídeo não nos mostra o início dos fatos que levaram àquele estado final. Devido a isso, fica difícil opinar quem estaria com a razão. Devemos, assim, respeitar os dois profissionais, o policial e a advogada, até tomarmos ciência completa dos fatos. Outrossim, independentemente de qual os envolvidos esta com a razão, só se pode condenar os que aqui comentam, jocosamente, sem usarem do mínimo respeito aos representantes que se envolveram no fato: o oficial representante da valorosa Polícia Militar e a advogada, que constitucionalmente, é uma profissional necessária na perfeita aplicação da Justiça pelo Estado.

    ResponderExcluir
  11. Pessoas que preferem julgar coisas fúteis em relação ao assunto discutido. Aqui está cheio delas. Independente do modo que a pessoa escreve ela deu sua opinião, cada um pensa da forma que acha correto. Muitas pessoas que não possuem argumentos suficientes ou não possuem conhecimento do assunto tratado defendem quem aparenta ter mais poder, ou mais razão. Porém recomendo que deem uma olhadinha na nossa legislação antes de comentarem esses absurdos maltratando pessoas que só querem a justiça. Ao meu ver o policial foi estúpido e ignorante sim e abusou de seu poder, nada mais justo que sofrer as consequências de seus atos e como nenhum dos policiais presentes ia admitir tal ato a forma legal encontrada era a advogada dar voz de prisão e a obrigação dos outros policiais era de atender. Está na lei queridos.

    ResponderExcluir
  12. grande merda é essa advogada se em prostesto se colar a mascara é bandido pos o povo brasileiro digno não precisa se esconder para revindicar o certo.´.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E pra aprender gramática, precisa?

      Excluir
  13. Prende o PM, algema, tortura e faz tudo o que eles fazem com gente de bem. Parabéns advogada, peituda!!!

    ResponderExcluir
  14. Qual foi o desfecho? Notícia incompleta hein...

    ResponderExcluir
  15. Caros doutores, vamos estudar mais português por obséquio! Que vergonha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devem ter faltado nas aulas de comunicação e expressão. Haha

      Excluir
  16. Ela está certa, a lei é pra todos.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo. ... eu nao acho!mais tenho certeza q tu és. .policial! Kkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. Ela pode estar certa.
    Mas eu queria ver se tivesse aquele monte de celular filmando se ela iria ficar com aquela
    graça toda ja ia tomar logo um #seliga
    Mas vou te falar uma coisa. Paisano são tudo abusado mesmo.
    Eu sou militar e nem por isso fico me mostrando como ela

    ResponderExcluir
  19. Apoio a advogada plenamente.

    ResponderExcluir
  20. A questão é bem simples senhores, respeitar o trabalho do advogado que exerce munus publico , e é amparado pelo art 133 da CR de 1988, foi bom isso acontecer para que outros policias respeitem o exercício da advocacia tal como respeitamos o trabalho das Autoridades Policiais e seus agentes.

    ResponderExcluir
  21. Quanta bobagem! vão estudar bando de "MARIA VAI COM AS OUTRAS"

    ResponderExcluir
  22. A ''poliça'' do Rio é um lixo.

    ResponderExcluir
  23. Muita gente ignorante, de ambos os lados. Como diria Nelson Rodrigues "... a democracia só serviu para mostrar que os idiotas são em maior número.".

    ResponderExcluir
  24. Essa advogada deveria ser detida por desacato, desobediência além de ser folgada, quer da voz de prisão a um policial, que não fez nada a não ser determinar a resolução do conflito na delegacia essa advogada e vocês que querem apoia-la, dando mal exemplo, desafiando autoridade policial no exercício da sua função, são um bando de folgados, faltou firmeza, para conduzi-la ate a delegacia desse Major PM.
    CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    Art. 331 - Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela:
    Pena - detenção, de seis meses a dois anos, ou multa.
    Exploração de prestígio
    Art. 330 - Desobedecer à ordem legal de funcionário público:
    Pena - detenção, de quinze dias a seis meses, e multa.
    Desacato O crime em tela consubstancia-se pelo fato do agente desobedecer a ordem legal de funcionário público. Todavia, há de se observar que o ato de desobedecer consiste em não acatar, não cumprir, não se submeter à ordem de funcionário público, investido de autoridade para imposição de ordem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Artigos típicos de Funcionário Público, geralmente impresso em folha normal e pregada com fitas na parede próxima ao atendimento ao público. Tipo intimidação. Não faço nada por você e ainda assim você não poderá demonstrar insatisfação, pois isso é desacato... Já fui funcionário público, hoje sou advogado. Tem funcionários que bordariam esses artigos nas próprias roupas/fardas.

      Excluir
    2. Ainda assim, respeito o funcionário público que cumpre sua carga horária fazendo o que lhe é peculiar: trabalhando, cumprindo suas obrigações em prol da coletividade. Sem máculas também à polícia, existem muitos bons policiais, e outros que se escondem atrás das fardas para todo tipo de conduta ilegal (abusos, crimes...), assim como existem advogados picaretas e soberbos. O que vale é o respeito mútuo.

      Excluir
  25. Fico triste quando me deparo com esse tipo,de procedimento.................RECEITA.. conduta,codigo penal e processo penal.

    ResponderExcluir
  26. PARA TODOS, NÃO DIREI QUEM ESTÁ CERTO OU ERRADO, SIMPLESMENTE LEIAM A CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA, O TRATADO DE DIREITOS HUMANOS, E UM POUQUINHO DE ÉTICA E TIREM SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES SE HOUVE OU NÃO E POR PARTE DE QUE CERTO EXAGERO.

    ResponderExcluir
  27. Pra mom a advogada está correta, afinal lei é lei.

    ResponderExcluir
  28. Lei é pra todos, as autoridades tem obrigação (como todos) de serem os primeiros a seguir a lei. Quem não segue deve encarar as consequências, principalmente se for autoridade.

    ResponderExcluir
  29. Quem defende esse policial é igual a ele . FDP ! Vagabundos ...

    ResponderExcluir
  30. Esse PM é um idiota ! Pensa que farda é tudo . Quando ver assim nem estudou e nem sabe escrever!

    ResponderExcluir
  31. O vídeo não está completo. Para mim não tem credibilidade alguma.

    ResponderExcluir
  32. Aqui todo mundo critica, rapaz vão soltar uma bomba em Brasilia que resolve tudo, e também outra na coca-cola demonia que ta matando o povo kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  33. Se for levar em conta que aqui é uma página frequentada em maioria por estudantes/simpatizantes/profissionais do direito, minha gente, como esse grupo está mal representado. A maioria nao se deu ao trabalho bem de consultar a legislação e já está aqui crucificando a advogada. rsrs

    ResponderExcluir
  34. O INTERESSANTE DE TUDO ISSO, É QUE OS QUE TENTAM DESCLASSIFICAR A POLICIA, SÃO OS MESMOS QUE QUEREM SUBORNAR O POLICIAL PARA SE LIVRAREM DE UMA NOTIFICAÇÃO DE TRANSITO OU MESMO DE UMA CADEIA. ADVOGADOS SÃO DONOS DISSO PARA TENTAREM LIVRAR SEUS CLIENTES DAS MÃOS DA POLICIA. PROFISSIONAIS, SÓ OS SÃO QUANDO ESTÃO NOS SUL FOCO

    ResponderExcluir
  35. Difícil dizer alguma coisa com esse pequeno trecho gravado... Não sei o que ocorreu antes... Mas uma coisa eu consegui observar... A advogada se identificou, portanto o policial sabia com quem estava falando, e não deveria ter apontado o dedo e gritado do jeito que fez... Mas repito: Não assisti o que ocorreu antes! Tampouco sei do que se trata essa ocorrência, mas dependendo do que for, se a advogada esta ali trabalhando, o PM não deveria ter agido daquela forma... Mas não dá pra dizer que cometeu abuso de autoridade só com esse trecho do video! O fato é, tanto a advogada como qualquer do povo pode dar sim voz de prisão a quem estiver em flagrante delito... Seja ele militar ou não! Não confundir "voz de prisão" com "prender"... Quem prende é a autoridade competente, no caso do civil o Delegado (não confundir com condenar = Juiz), e no caso do Militar, um outro militar com a mesma patente (com mais tempo de serviço), ou qualquer outro superior... Caso não haja militares para isso, o próprio Delegado pode dar voz de prisão, levar para a delegacia e comunicar o fato ao comando da polícia militar que designará alguém para ir à delegacia acompanhar o caso, ratificando a prisão, ou não, neste último caso podendo vir a responder por prevaricação caso a prisão futuramente seja reconhecida como legítima! É a minha opinião! Sem entrar no mérito de dar razão à advogada ou ao militar, vez que o vídeo é bem curto!

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.