Estudante de Direito é presa em Camboriú acusada de praticar o golpe do bilhete premiado

Postado por: Editor NJ \ 1 de outubro de 2013 \ 0 comentários

A mãe dela e o irmão já tinham sido detidos pelo mesmo crime em fevereiro.

Uma estudante de Direito foi presa na noite de sábado, em Camboriú, acusada de fazer parte de uma quadrilha que aplicava o golpe do bilhete premiado. Ela, que tem 27 anos, foi encontrada em uma residência, no Bairro Tabuleiro, onde foi cumprido o mandado de prisão preventiva. Ela está detida no Presídio Regional de Itajaí, no Bairro Nossa Senhora das Graças.

Os policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC), de Balneário Camboriú, chegaram até a suspeita depois de prender a mãe dela, de 50 anos, e o irmão, de 25, no dia 14 de fevereiro. Os dois foram detidos em casa, no Bairro das Nações, acusados de praticar o golpe do bilhete premiado em várias cidades do Estado.

Na época, as investigações apontavam que a suspeita também fazia parte da quadrilha, mas ela não foi localizada e era considerada foragida. Mesmo assim, cursava Direito em uma universidade da região. Uma denúncia anônima informou aos policiais que ela morava em um apartamento na Rua Jacarandá, no Bairro Taboleiro, em Camboriú, onde foi presa.

Fonte: Hora de Santa Catarina

categoria: ,

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.