OAB aprova mudanças nas regras do exame da Ordem

Postado por: Editor NJ \ 2 de outubro de 2013 \ 17 comentários

O Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) aprovou na última terça-feira (1º), mudança nas regras dos exames dos candidatos a advogados, para permitir que os reprovados na segunda fase sejam dispensados de iniciar o processo da estaca zero.

A informação partiu do deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS), autor de um projeto de lei sobre o tema, que tramita na Câmara dos Deputados. A partir da decisão do conselho, o candidato aprovado na primeira fase do exame da Ordem que não obter a provação final poderá se inscrever apenas para a aplicação da segunda fase.

Goergen afirmou que, como a OAB acatou a sugestão proposta, o projeto de lei será retirado da pauta. Ele explicou que a decisão reduz os custos pela metade, pois antes o candidato era obrigado a pagar para realizar mais uma vez o exame da primeira fase.


categoria: , ,

17 comentários:

  1. Excelente atitude da OAB em aceitar a proposta, afinal de contas não queremos a extinção do Exame e sim uma reformulação que de oportunidades ao bacharel.

    ResponderExcluir
  2. que bom.... Menos mal..

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber se isso vai valer para os que passaram e que acabaram n conseguindo passar na segunda fase ou para os que virão a passar na primeira fase.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A repescagem irá valer já no XII exame e será para os bacharéis que não lograrem êxito na aprovação da segunda fase dessa forma estarão dispensados de fazer novamente a primeira,porém só será valido para o exame subsequente ao que não conseguiu aprovação e custara cerca de R$ 120.00.Boa sorte!

      Excluir
  4. ... revisem a redação desse artigo, pessoal!

    "que não obter a provação final" por "que não OBTIVER a APROVAÇÃO final".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. refletindo sobre a enfase no "não obter a aprovação final"...

      Excluir
  5. Mais uma vez a OAB prova que busca somente arrecadação com o exame de ordem, buscando reduzir seus custos, não estando nenhum pouco preocupada com a qualidade dos futuros advogados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. provalvelmente o Anônimo já deve ter sido aprovado no Exame da Ordem, pra estar falando isso, passar na OAB não quer dizer que vc tem mais capacidade que aqueles que não consegue a aprovação.

      Excluir
  6. Parabéns! Mais um ponto para os alunos preguiçosos e as faculdades de beira de esquina.

    ResponderExcluir
  7. ÒTIMA DECISÃO... JÁ NÃO FAÇO A PROVA HÁ 1 ANO E MEIO... PQ NÃO TENHO DINHEIRO E NÃO TENHO AINDA UMA PROFISSÃO, NÃO FAÇO PARTE DAQUELES QUE POSSAM CONSEGUIR A INSENÇÃO.... E JÁ PASSEI 2 VEZES NA PRIMEIRA ETAPA... BOM PARA MIM E PARA MUITOS.....

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.