Eliana Calmon pede aposentadoria e será candidata ao Senado

Postado por: Editor NJ \ 24 de novembro de 2013 \ 3 comentários

A ministra baiana Eliana Calmon deixa no dia 18 de dezembro a magistratura, antecipando, deste modo, a sua aposentadoria, como estava previsto. Ela protocolou na última sexta feira o pedido de afastamento e no dia subsequente à sua saída, o PSB, através do seu pré-candidato a presidente da Republica, Eduardo Campos,  anuncia, em festas, a sua filiação no partido. Eliana será candidata ao Senado pela Bahia, ao lado da senadora Lídice da Mata, candidata a governadora. Será, assim, uma dupla de mulheres que poderá gerar no Estado um terremoto político, balançando os demais candidatos aos dois cargos. Eliana é uma das magistradas mais sérias e corretas do judiciário brasileiro, está atualmente no Superior Tribunal de Justiça e foi corregedora do CNJ. Perde a magistratura e ganha a política.

Fonte: Bahia Notícias

categoria: , ,

3 comentários:

  1. A magistratura perde muito com a saída da Ministra.

    ResponderExcluir
  2. Engano meu o prazo para filiações se findou no dia 5 de outubro ? Poderia a ministra ser candidata ao Senado mesmo tendo ela se filiado após essa data ? Ou ela já tinha filiação ao PSB desde outubro mesmo exercendo o cargo de Ministra do STJ ?

    Obrigado e abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo, os magistrados tem prazo especial para filiação partidária. Salvo engano, eles dispõem até o período de junho para que decidam pela filiação partidária e consequente aposentadoria.

      Excluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.