Brasileiro Marco Archer é executado na Indonésia, diz TV

Postado por: Pedro Henrique de Oliveira Pereira \ 17 de janeiro de 2015 \ 1 comentários

O brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, foi executado na madrugada deste domingo (18) na Indonésia– por volta das 16h deste sábado (17), horário de Brasília, segundo a emissora local TV One e a rede britânica BBC. O método de execução de condenados à pena de morte no país é o fuzilamento. O instrutor de voo livre havia sido preso em 2004, ao tentar tentar entrar na Indonésia com 13 quilos de cocaína escondidos nos tubos de uma asa delta. A droga foi descoberta pelo raio-x, no Aeroporto Internacional de Jacarta. Archer conseguiu fugir do aeroporto, mas duas semanas depois acabou preso novamente. A Indonésia pune o tráfico de drogas com pena de morte.

Além do brasileiro, deveriam ser executados neste sábado um indonésio, um holandês, dois nigerianos e um vietnamita.
Em entrevista à GloboNews, o ex-cônsul do Brasil em Bali Renato Vianna afirmou que Archer e os demais condenados à morte seriam transferidos para um lugar próximo à penitenciária e depois fuzilados por 12 atiradores.
Questionado sobre outros brasileiros anteriormente condenados pelo mesmo motivo na Indonésia e que conseguiram se livrar da pena de morte, Vianna destacou que, no período, as penas não eram tão rígidas com relação às drogas. Explicou ainda que a legislação foi mudada há uns 15 anos.

categoria:

Um comentário:

  1. Relatório Mundial de Crimes Violentos no Mundo. O narcotráfico é a principal fonte homicídio doloso que é prática criminosa comum desde o início da Humanidade; depende da cultura e do Direito de cada povo, nação, país e continente para ser patrocinado ou punido; é falaciosa a tese de a elevada taxa de homicídio doloso ser diretamente proporcional à miséria e pobreza; a África e as Américas Central e Sul são os continentes em que mais ocorre a prática de homicídio doloso tendo Honduras, México e Brasil como os líderes; os africanos e afrodescendentes são os principais autores e vítimas do homicídio doloso em todo o Planeta. Conflitos étnicos, narcotráfico e comércio de armas são os principais fomentadores do homicídio doloso; a permanência de criminosos do poder público em todos os níveis de Governo, fomenta e perpetua o crime em todas as suas formas, principalmente o homicídio doloso. E, por fim, o homicídio doloso é uma das causas de diminuição da população em médio e longo prazos, tendo em vista ser o gênero masculino entre 12 e 29 anos as principais vítimas deste tenebroso crime. Esperança e solução? Seguir os passos e exemplos da Oceania, Ásia e Europa, cujas taxas de homicídio doloso são as menores do Planeta.
    http://pt.wikipedia.org/.../Anexo:Lista_de_pa%C3%ADses...

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.