STJ decide sobre guarda de cachorro em disputa de casal

Postado por: Editor NJ \ 24 de abril de 2015 \ 0 comentários

Caso foi parar no STJ, em Brasília, para definir futuro do cachorro Mandic; ex-marido argumenta que mulher saiu de casa e nunca retornou para visitar o animal

O futuro do cachorro Mandic foi decidido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), após o caso virar motivo de uma briga judicial entre um casal divorciado, em São Paulo.

Os dois disputavam a guarda do cão há dois anos e, após decisão do STJ, ficou definido que Mandic deve ficar sob os cuidados do homem.

O caso que estava sendo julgado no Tribunal de Justiça de São Paulo foi levado ao STJ, em Brasília, dois anos depois que Erika de Souza conseguiu uma liminar que determinava que o ex-marido devolvesse o animal em 48 horas.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na "Folha de S. Paulo", na versão dele, a mulher 'abandonou' o cão quando decidiu sair de casa. O homem alega ainda que Erika nunca retornou para visitar Mandic e mesmo assim queria o animal de volta."Esse amor que a agravada diz possuir por Mandic se trata de uma mentira", argumenta.

Com informações do Jornal O Tempo

categoria: , , ,

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.