Processo! Mulher pede indenização por ter casado com homem de pênis pequeno

Postado por: Editor NJ \ 30 de dezembro de 2016 \ 13 comentários

KDB, 26 anos, advogada e residente no município de Porto Grande, no Amapá, decidiu processar seu ex-marido por uma questão até então inusitada na jurisprudência nacional. Ela processa ACD, comerciante de 53 anos, por insignificância peniana.

Embora seja inédito no Brasil, os processos por insignificância peniana são bastante frequentes nos Estados Unidos e Canadá. Esta moléstia é caracterizada por pênis que em estado de ereção não atingem oito centímetros. A literatura médica afirma que esta reduzida envergadura inibe drasticamente a libido feminina, interferindo de forma impactante na construção do desejo sexual.

O casal viveu por dois anos uma relação de namoro e noivado, e durante este tempo não desenvolveu relacionamento sexual de nenhuma espécie em função da convicção religiosa de ACD. KDB hoje o acusa de ter usado a motivação religiosa para esconder seu problema crônico. Em depoimento a imprensa, a denunciante disse que “se eu tivesse visto antes o tamanho do ‘problema’ eu jamais teria me casado com um impotente”.

A legislação brasileira considera erro essencial sobre a pessoa do outro cônjuge quando existe a “ignorância, anterior ao casamento, de defeito físico irremediável, ou de moléstia grave”. E justamente partindo desta premissa que a advogada pleiteia agora a anulação do casamento e uma indenização de R$ 200 mil pelos dois anos de namoro e 11 meses de casamento.

ACD que agora é conhecido na região como Toninho Anaconda, afirma que a repercussão do caso gerou graves prejuízos para sua honra e também quer reparação na justiça por ter tido sua intimidade revelada publicamente.”

Com informações de Jus Navigandi

categoria: , ,

13 comentários:

  1. Toninho Anaconda? Kkkk, esse povo é muito maldoso.

    ResponderExcluir
  2. Toninho Anaconda? Kkkk, esse povo é muito maldoso.

    ResponderExcluir
  3. Kkkkk. Coitado. Como deve está esse cara

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Ela só deve estar processando pq ele tem $$$$

    ResponderExcluir
  7. Se a moda pega,coitados dos japoneses....kkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. vi esse mesmo post com um cara mais jovem kkkkkkk hashahshashhsas

    ResponderExcluir
  9. Se ela desejasse sexo, ela iria arrumar um Homem novo da mesma idade dela, 26, 27, 28 anos para transar bastante.mas nao ela arrumou um cara de 53 anos, ou seja, 26 anos mais velho! Agora ela vem processa-lo porque o penis é pequeno?

    Ela está querendo $$$$ do comerciante e ainda aparecer na cidade como advogada.

    Esse fato demonstra que a mulher nao gosta do homem, o homem nao existe no mundo delas!

    ResponderExcluir
  10. O processo pra sair da cadeia depoia de matar ela é mais barato.

    ResponderExcluir
  11. O caso em tela, embora curioso não é verdadeiro, inclusive o e-farsa já publicou o assunto.

    ResponderExcluir
  12. Se ela casasse comigo ia ter que me processar por agressao interna isso sim. Ia socar uma jaba de 23,8 cm diariamente nela.

    ResponderExcluir
  13. isso e uma mente doente, malvada, premeditada ai diz por amor

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.