Três são indiciados por vazamento de fotos do corpo de cantor

Postado por: Editor NJ \ 26 de junho de 2015 \ 0 comentários


Além de terem sido demitidos, os dois funcionários da Clínica Oeste Tanatopraxia, que vazaram fotos e vídeos do momento em que o corpo do cantor Cristiano Araújo era preparado para o sepultamento, foram indiciados pela Polícia Civil. Eles vão responder pelo crime de vilipendiar cadáver (desrespeito ao corpo), com pena que vai de um a três anos de prisão. Uma terceira pessoa, que divulgou as imagens nas redes sociais, ainda será ouvida e corre o risco de também ser indiciada.

O delegado Eli José de Oliveira, do 4º Distrito Policial de Goiânia, revelou que Marco Antônio Ramos, de 41 anos, e Márcia Valéria dos Santos, de 39, já foram ouvidos na quinta-feira (25) e liberados em seguida. "São os dois funcionários da Clínica Oeste, onde o corpo foi preparado, e uma terceira pessoa que foi a responsável por divulgar as imagens", disse. Oliveira contou ainda que a funcionária afirmou que, à princípio,  Marco não viu que ela filmava a cena: "só percebeu que ela estava gravando quando já estava no meio da filmagem, mas não a impediu".

Os vídeos e fotos vazadas mostram todo o momento da preparação do corpo de Cristiano para o sepultamento. Entre as imagens, uma em que o cantor aparece com o paletó do velório e hematomas. A mulher que filma uma das cenas chega a mostrar o rosto e aparenta fazer uma foto selfie com o corpo de Cristiano.

Uma das primeiras fotos vazadas foram publicadas inicialmente no Instagram de uma mulher chamada Fernanda Rezende. Segundo o jornal Extra, na legenda ela escreveu: "E aí chego em casa e vem meu pai todo chateado com sua cervejinha me contar: 'quer ver ele? fui eu que o arrumei'. Agora a ficha caiu...impossível não ficar triste. Descanse em paz!". Os internautas reclamaram dessa postura e logo ela tornou o seu perfil privado, excluindo a  a foto pública. O pai de Fernanda, Edson Rezende, é funcionário da Clínica Oeste, para onde o corpo do cantor foi levado antes do funeral.

Essas atitudes revoltaram os internautas, que reclamaram da postura do compartilhamento das imagens nas redes sociais. A Clínica Oeste Tanatopraxia, responsável pela preparação do corpo, emitiu um comunicado onde repudia a ação dos funcionários. Os dois foram demitidos. Leia a nota oficial íntegra:

"Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo a divulgação de imagens do corpo do cantor Cristiano Araújo, a Clínica Oeste vem a público informar que repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens. A clínica tem como procedimento orientar sua equipe que, inclusive, assina regulamento interno de trabalho e Ordem de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho individual para cada caso, documentos estes que proíbem que toda e qualquer etapa do trabalho desenvolvido na empresa seja gravado, fotografado e, principalmente, divulgado. Diante do erro cometido por dois funcionários de seu quadro profissional, a clínica informa que não é conivente com este tipo de conduta e que já tomou as providências legais para efetuar as demissões por justa causa. A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência, o zelo pela prestação do serviço e o respeito às famílias, e se solidariza com todos os que, como ela, repudiam tal ato".

Acidente, resgate e morte

Cristiano e Allana faleceram na manhã da quarta-feira (24) em um acidente de carro na BR-153. O fato aconteceu por volta das 3h30, no KM 614 da BR-153. O cantor estava voltando de um show na cidade de Itumbiara no momento. Além de Cristiano e Allana, o motorista Ronaldo Miranda e o assessor Vitor Leonardo também estavam no veículo, mas sobreviveram.

O cantor chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos. A namorada morreu no local. O motorista e o empresário estão internados no Instituto Ortopédico de Goiânia. O motorista que conduzia o carro, Ronaldo Miranda, 40, passou por teste do bafômetro que indicou que ele não consumiu bebidas alcoólicas, segundo o delegado Fabiano Jacomelis, responsável pelo caso.

Com informações de G1

categoria: , , ,

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.