Reprovação de Dilma chega aos 71% e supera a de Collor em 1992

Postado por: Editor NJ \ 6 de agosto de 2015 \ 0 comentários

Segundo a "Folha", no histórico de pesquisas nacionais de avaliação presidencial do Datafolha, a atual taxa de reprovação da presidente da República (71%) é a pior da história da pesquisa, superando os 68% de "ruim" e "péssimo" registrados pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello em setembro de 1992.

No levantamento anterior, de 20 de junho, o Datafolha indicou os seguintes percentuais sobre como os eleitores avaliam o governo Dilma: Ótimo/bom: 10%; Regular: 24%; Ruim/péssimo: 65%; e Não sabe: 1%.

O levantamento foi realizado pelo Datafolha com 3.358 pessoas de 201 municípios do país entre os dias 4 e 5 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Por região

Considerando as regiões do país, os resultados da pesquisa foram:

- Sudeste:

-- Ótimo/bom: 7%
-- Regular: 19%
-- Ruim/péssimo: 73%
-- Não sabe: 1%

- Sul:

-- Ótimo/bom: 7%
-- Regular: 20%
-- Ruim/péssimo: 73%
-- Não sabe: 1%

- Nordeste:

-- Ótimo/bom: 10%
-- Regular: 22%
-- Ruim/péssimo: 66%
-- Não sabe: 2%

- Centro-Oeste:

-- Ótimo/bom: 6%
-- Regular: 15%
-- Ruim/péssimo: 77%
-- Não sabe: 1%

- Norte:

-- Ótimo/bom: 9%
-- Regular: 24%
-- Ruim/péssimo: 65%
-- Não sabe: 2%

Por renda

Considerando a renda em salários mínimos, os resultados da pesquisa foram:

- Até 2 SM:

-- Ótimo/bom: 10%
-- Regular: 20%
-- Ruim/péssimo: 69%
-- Não sabe: 1%

- De 2 a 5 SM:

-- Ótimo/bom: 7%
-- Regular: 20%
-- Ruim/péssimo: 73%
-- Não sabe: 1%

- De 5 a 10 SM:

-- Ótimo/bom: 8%
-- Regular: 17%
-- Ruim/péssimo: 74%
-- Não sabe: 0%

- Mais de 10 SM:

-- Ótimo/bom: 6%
-- Regular: 19%
-- Ruim/péssimo: 75%
-- Não sabe: 0%

*Observação: a soma dos valores pode não ser 100% devido a arredondamentos.

categoria: , ,

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.