Ministro do STF estava em lista de passageiros de avião que caiu em Paraty

Postado por: Editor NJ \ 19 de janeiro de 2017 \ 0 comentários

 Um avião caiu na tarde desta quinta-feira (19) no mar de  Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, há três mortes confirmadas. Os nomes não foram divulgados.

O que sabemos até o momento:

– O nome do ministro do STF Teori Zavascki estava na lista de passageiros, segundo a assessoria do Supremo. No Facebook, o filho de Teori, Francisco Zavascki, disse que o pai estava no avião. "Por favor, rezem por um milagre", escreveu.

– O Corpo de Bombeiros informou que foram vistos três corpos no interior da aeronave. Chove muito no local do acidente, o que dificulta o resgate dos corpos.

 – 50 militares e três embarcações da Marinha do Brasil estão envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Rio e barcos pesqueiros. Eles estão trabalhando para tirar o avião da água. O Navio Patrulha Oceânico “Amazonas” irá para o local do acidente.

– O avião prefixo PR-SOM era um modelo Hawker Beechcraft King Air C90 e pertencia ao grupo Emiliano Empreendimentos.

– O avião decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo (SP) com destino a Paraty e caiu próximo à Ilha Rasa, a 2 km de distância da cabeceira da pista do aeroporto da cidade do Rio de Janeiro.

– A aeronave é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas. De acordo com a FAB (Força Aérea Brasileira), quatro pessoas estavam a bordo. Ainda não há informações sobre a identidade das vítimas.

– A Anac informou que a documentação da aeronave estava regular. O certificado era válido até abril de 2022, e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017.

O acidente
A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informa que tomou conhecimento por volta das 13h45 desta quinta-feira, da queda de uma aeronave na altura da Ilha Rasa. Imediatamente, a Agência da Capitania dos Portos em Paraty (AgParaty) enviou ao local do acidente uma equipe, a fim de prestar apoio na busca aos tripulantes da aeronave.

Por volta de 14h50, a Polícia Militar havia disponibilizado uma lancha para auxiliar nas buscas. A Capitania dos Portos e o Corpo de Bombeiros também trabalhavam no resgate.

categoria:

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.