PJe mais atrapalha do que ajuda, reclama juiz em despacho

Postado em 31 de março de 2019 \ 9 comentários

"O PJe não funciona a contento. Atrasa o serviço do gabinete e obriga o Juiz a ficar abrindo chamados técnicos para movimentar os autos. Se esse fosse o único caso, não diria nada. Mas isso ocorre quase todos os dias. É lamentável trabalhar com uma ferramenta que, muitas vezes, mais atrapalha do que ajuda."

O desabafo é do juiz de Direito Leonardo Leite Mattos e Souza, da 1ª vara Cível de Rolim de Moura/RO, que, em despacho, reclamou das falhas ao tentar enviar um processo eletrônico ao cartório.

Em outubro do ano passado, o magistrado proferiu sentença e determinou que fosse encaminhada ao cartório para cumprimento. Porém, por alguma falha na movimentação pelo PJe, o processo eletrônico não seguiu o fluxo pré-definido.

Após três tentativas, o juiz despachou a reclamação: "Tivesse eu o comprado um produto dessa natureza, certamente já teria devolvido ao fornecedor."

E abriu um chamado técnico "para que alguém lá de Porto Velho faça os autos irem para alguma caixa do Cartório".

Com informações de Migalhas

categoria:

9 comentários:

  1. Por gentileza, postem os números e informações dos processos referentes aos artigos publicados, para que possamos ter acesso as fontes das decisões. Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como assim postar informações sobre processos?

      Excluir
  2. Tbm acho o PJe mto chato e ineficiente. Prefiro mto mais o e-Saj.
    Ainda assim, qdo cheguei em Rondônia, em 2009, fiquei admirada com a qualidade de todo o judiciário.
    Já naquela época JEC era tdo digital (Projudi).
    E o mais incrível eh que lá o que consta na consulta ao andamento processual via site eh exatamente o estado em que se encontram os autos. Não eh possível movimentar um processo sem alimentar o sistema. Ou seja, a gente não precisa ficar perdendo pernada ao fórum ou telefonando. Pode confiar no andamento consultado.
    Amo mto!

    ResponderExcluir
  3. Em MG não está diferente. O TJMG fica emitindo certidões de indisponibilidade. Absurdo.

    ResponderExcluir
  4. Qual o número do Processo correspondente a matéria?

    ResponderExcluir
  5. eu AMO demais o PEA do TJMT! Tinha que ficar só naquilo, é uma beleza pra funcionar.

    ResponderExcluir
  6. O E-Saj é mil vezes melhor e bem mais eficiente, muito facil de manusea, a plataforma muito aqui em Manaus tem uma robozinha informando passo a passo cada procedimento. O PJe só vive em manutenção e não evolui.

    ResponderExcluir

  7. Existem excelentes produtos no mercado.
    Se investigarem com certeza encontrarão desvios.

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.