Furto dentro de quarto de hotel gera danos morais

Postado por: Pedro Henrique de Oliveira Pereira \ 7 de março de 2017 \ 0 comentários

A 15ª câmara Cível do TJ/MG condenou um resort em Ilhéus/BA a indenizar uma hóspede em R$ 5 mil por danos morais e em R$ 1.441,00 por danos materiais, devido a um furto ocorrido no quarto dela.

A autora relata que, em maio de 2014, foi surpreendida com o furto de seu celular e de R$ 52 em dinheiro, que estavam no seu quarto. Ao buscar a gerência do estabelecimento, nada foi resolvido.

O pedido de indenização por danos morais foi indeferido em primeira instância, sendo acatado apenas o pedido de indenização referente aos danos materiais.

Relator do recurso no TJ, o desembargador Antônio Bispo considerou, no entanto, que chegar aos próprios aposentos e constatar que eles foram invadidos e que objetos pessoais foram levados causa danos de ordem psicológica.

"O que se espera do serviço de hospedagem é o mínimo de segurança dos próprios consumidores e de seus pertences."

categoria:

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.