Atenção, concurseiro(a)! TST confirma novo concurso público para julho

Postado por: Editor NJ \ 17 de maio de 2017 \ 2 comentários

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) vai lançar um novo concurso público ainda no primeiro semestre deste ano. Segundo assessoria do órgão, a previsão é de que o lançamento do edital ocorra em julho. As chances serão para analista judiciário, de nível superior, e técnicos judiciários, de nível médio.


Os salários são de R$ 4.865,35 e R$ 2.965,38, podendo chegar a R$ 10.119,93 e R$ 6.617,99, respectivamente, com as gratificações. A Fundação Carlos Chagas (FCC) será a banca organizadora.

Ainda não se sabe quantas vagas serão ofertadas. Mas, o concurso será realizado considerando a expiração do prazo de validade do último concurso público realizado em 2012. Além disso, visa preencher a existência de cargos vagos e aposentadorias.

De acordo com o órgão, haverá cargos de nível superior divididos em área administrativa, área judiciária e área de apoio especializado (contabilidade, análise de sistemas, suporte em tecnologia da informação, taquigrafia). Já para área de nível técnico haverá vagas para programação, área administrativa e segurança administrativa.

Provas

Já se sabe que as provas serão realizadas em Brasília-DF para todos os cargos. As provas serão realizadas em horários distintos  para os cargos de nível médio e superior, de forma apermitir a participação de um mesmo candidato em ambos os processos seletivos.

Os candidatos de nível superior serão submetidos a provas objetivas (questões divididas em conhecimentos básicos – entre 50 e 100 itens – e específicos – entre 70 e 100 itens); discursiva (sobre os conhecimentos específicos aplicados) e prática para o cargo de Analista Judiciário, Área Apoio Especializado, Especialidade Taquigrafia.

Já os interessados em concorrer para nível médio, farão provas objetivas ( também com questões divididas em conhecimentos básicos – entre 50 e 100 itens – e específicos – entre 70 e 100 itens. Haverá também redação para o cargo de Técnico Judiciário, Área Administrativa, e prova prática de aptidão física para a Especialidade Segurança Judiciária.

O conteúdo programático deverá levar em consideração o detalhamento a ser apresentado por comissão constituída pelo TST.O prazo de validade do concurso será de dois anos, prorrogável uma vez por igual período.

categoria:

2 comentários:

  1. O número de vagas é tão vergonhoso que nem citam na reportagem !!!!

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.