Preso injustamente por 31 anos, homem recebe R$ 254 de indenização do governo

Postado por: Editor NJ \ 12 de julho de 2017 \ 1 comentários

Um americano de 60 anos, que passou 31 deles preso injustamente por estupro e roubo, recebeu do governo a quantia irrisória de US$ 75, o equivalente a R$ 254, de indenização. Lawrence McKinney foi preso em 1978 e condenado a 115 anos de prisão e só teve a inocência comprovada em 2009, depois de um exame de DNA.

De acordo com informações da rede CBS, McKinney tentou uma compensação financeira do governo de US$ 1 milhão, mas teve o pedido negado duas vezes.

"Eu não tenho vida. Minha vida foi tirada de mim", disse o americano em entrevista à emissora.
O advogado de Lawrence, Jack Lowery, afirma que o cliente merece uma reparação por ter passado mais de metade da vida preso.

"Não é justo que ele não receba uma compensação por ter sido condenado injustamente".

Em setembro, Lawrence McKinney também teve um pedido de exoneração negado pelo conselho de condicional. Agora cabe ao governador do Tennessee, Bill Haslam, tomar a decisão final.

Fonte: Extra Globo

categoria:

Um comentário:

  1. Lá também, as injustiças não são reparadas adequadamente, é o preconceito que infelizmente ainda domina as mentes e leis de nações.
    Mas, DEUS, todo poderoso, a tudo vê, a injustiça feita a esse cidadão em um outro plano da vida será reparada; cumpre-nos apenas lamentar.

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.