Ministro Barroso atende pedido da PGR e revoga prisão temporária de amigos de Temer

Postado por: EditorNJ \ 31 de março de 2018 \ 0 comentários

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, decidiu neste sábado, 31, atender ao pedido da PGR e libertar os presos da operação Skala.

Na quinta-feira, 29, foram presos o empresário e advogado José Yunes, amigo e ex-assessor do presidente; Celso Grecco, dono da Rodrimar; o ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi; João Baptista Lima Filho, coronel aposentado da PM de SP, e Celina Torrealba, dona do Grupo Libra.

Conforme a decisão, cumpridas as diligências de busca e apreensão e prisões temporárias, e concluída a tomada de depoimento dos investigados, Raquel Dodge se manifestou pela revogação das prisões temporárias decretadas.

“Tendo as medidas de natureza cautelar alcançado sua finalidade, não subsiste fundamento legal para a manutenção das medidas, impondo-se o acolhimento da manifestação da Procuradoria-Geral da República.”

categoria:

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.