Motorista terá de fazer curso e prova a cada 5 anos para renovar carteira de habilitação

Postado por: EditorNJ \ 16 de março de 2018 \ 1 comentários

Atualização da Resolução 168/04 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), divulgada no último dia 8, modifica o processo de renovação da Carteira de Habilitação Nacional (CNH). Com a Resolução 726/18, que passa a valer a partir de junho, motoristas terão que fazer um curso teórico obrigatório de 10 horas/ aula e depois passar por uma prova, além dos exames médicos já pedidos atualmente.

O curso de aperfeiçoamento deverá ser realizado a cada cinco anos, quando a CNH vencer, de forma presencial ou a distância. Para quem escolher fazer presencialmente, não é permitido cumprir mais que cinco horas/aula por dia. Para quem for fazer a distância, o curso deve ser concluído em, no mínimo, cinco dias. Para motoristas com a CNH vencida há mais de cinco anos ou que não tiveram formação sobre direção defensiva e primeiros socorros na autoescola, o curso de atualização é de 15h/a.

"Tem por objetivo atualizar as informações e os conhecimentos sobre as legislações de trânsito, uma vez que as mudanças e atualizações são contínuas. Mantém o condutor permanentemente ciente e consciente das determinações emanadas do legislador", justifica o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Maurício José Alves, ao Gazeta do Povo.

Com a mudança, o custo de renovação da CNH, que varia de R$ 140 a R$ 170, dependendo do estado, deve aumentar. Os novos valores, no entanto, ainda não foram divulgados.

categoria:

Um comentário:

  1. O Governo deveria dar o curso gratuitamente a população. Podiam usar o dinheiro arrecadado com as multas para isso, já que o mesmo não vemos ser investido em nada. Assim como a maior parte dos nossos impostos. Brasil um país pra poucos, esse deveria ser o lema dos nossos governantes, com tantas taxas querem transformar o país em um país só deles, pregam uma falsa busca por igualdade social onde juízes brigam por um auxílio moradia de até 4 mil reais enquanto ao seu lado milhares morrem de fome. Um país de diferenças um país de corruptos um país "democrático".

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.