Caso de cavalo pintado em colônia de férias será denunciado por comissão da OAB

Postado por: EditorNJ \ 25 de julho de 2018 \ 1 comentários

O caso do cavalo usado como “tela de pintura” por crianças em uma colônia de férias na Sociedade Hípica de Brasília foi denunciado à polícia. Ana Paula Vasconcelos, membro da Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Distrito Federal (OAB/DF), afirmou ter registrado ocorrência na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (Dema) na tarde desta segunda-feira (23).

Nesta manhã, o cavalo ainda estava com cores que lembram a prática pedagógica realizada na última semana. De acordo com a direção, as atividades do estabelecimento iniciam sempre às terças-feiras.

A foto do cavalo completamente pintado foi divulgada no domingo e gerou revolta nas redes sociais. Protetores dos animais avaliaram a situação como maus-tratos. Os responsáveis pela colônia de férias informaram que o objetivo era “aproximar as crianças dos bichos e tirar o sentimento de medo”. A tinta usada não era tóxica aos humanos nem ao equino.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) esteve na escola na manhã de domingo (22) e notificou os responsáveis. Ana Paula conta ter recebido a foto na sexta-feira (20) e, inicialmente, especulou se o caso teria ocorrido em Águas Lindas de Goiás. “Depois, confirmamos ter sido na hípica. Lá, eles disseram se tratar de uma atividade lúdica, que o cavalo era um animal resgatado e acompanhado por veterinários”, relatou a advogada.

categoria:

Um comentário:

  1. Absurdo. Uma hípica ensinando crianças a desrespeitar animais. E se o cavalo é um animal resgatado ou não isso não vem só caso. Não sabia que existia distinçao de classe equina. Todos devem ser tratados com respeito.

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.