Novo ministro do MEC quer o fim do Exame da OAB

Postado em 12 de abril de 2019 \ 87 comentários

O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, quer encontrar uma solução, ainda nesse semestre, para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo uma fonte próxima ao ministro, a intenção é por fim na obrigatoriedade de aprovação no exame da OAB, para que o bacharel em Direito possa exercer a profissão de advogado.

O fim do Exame da OAB é uma promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro aos milhões de bacharéis de todo o Brasil. Durante a campanha eleitoral, em 2018, Bolsonaro chegou a dizer que a Ordem dos Advogados do Brasil, não deve se posicionar acima do Ministério da Educação e desconsiderar a validade do diploma de Bacharel em Direito.

O Brasil tem hoje um contingente de 1,5 milhões de bacharéis em Direito, que lutam pelo seu reconhecimento profissional. Todavia, amparado num Estatuto e numa “brecha” jurídica Constitucional, mal interpretada, a OAB segrega a classe dos advogados. A aprovação no curso de Direito em uma faculdade já é um processo penoso, são cinco longos anos, estágios, prática jurídica e uma série de requisitos para formar um advogado. Contudo, uma vez diplomados, os bacharéis devem se submeter ao exame da Ordem, uma espécie de concurso, que não mede a capacidade dos profissionais.

Fonte: Coluna Política

categoria:

87 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Esta de sacanagem?? A aprovação em um curso de direto em alguma faculdade é penoso? Estudante cagando e andando, colando em provas para passar e o cara vem falar de cinco anos longos? Esse sujeito é uma piada! Um economista tentando falar de educação! Esse governo só tem bizarrices!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato, o lula esta preso, rsrsrsrsrsrsr.

      Excluir
    2. Comedor de grama detectado.

      Excluir
    3. O Renato, qual curso superior vc tem? Nem competência vc teve pra fazer um curso rapaz. Esse Ministro está corretissico ele esta cumprindo a constituição. Rebato vc sabe o que é constituicao Federal? Não sabe de lei alguma, acho que vc possivelmente nao sabe bem o abc.vai passar saber dos seus direitos primeiro para depois criticar Ministro.

      Excluir
    4. RENATO OU VOCE TEM ALGUM PROBLEMA DE VISAO OU DIFICULDADE DE ENTENDER, O CARA FAZ CINCO ANOS DE FACULDADEM ESTAGIO PRATICA JURIDICA AI VEM UMNA OAB QUE NAO SERVE PARA NADA E DIZ, VOCE NAO APRENDEU VOLTA PARA A FACULDADE; OUTRA COISA VC FALA DE UM MINISTRO JA QUE VOCE E TAO INTELIGENTE NAO ESTA LA NO LUGAR DELE EM VEZ DE ESTAR NO ANONIMATO????? , JA SEI A QUE SIGLA VC SERVE

      Excluir
    5. Você está certíssimo Renato. Está cheio de uni esquina enganando incautos, conheço muitos bacharéis em direito que nunca leram um livro, passaram a faculdade toda colando, pagando por trabalhos. Mesmo com exame da OAB ainda existem maus profissionais no mercado, imagina se acabarem com o exame. Coitados dos futuros clientes destes indivíduos. Sout e Anônimo, vão querer questionar a minha graduação e minha aprovação no exame da OAB?

      Excluir
    6. Joao Alexandro, sou BACHAREL e concurseiro, eu questiono a sua graduação e posso lhe falar que sou igual ou melhor que vc , mas SOU MELHOR em area de TRANSITO, POIS ASSEGURO AQUI, que sou O MELHOR DO BRASIL, se quiser um DEBATE AQUI, vera que somos BACHAREIS, com conhecimento, claro que existem os maus, como tb existem advogados que vivem nas custas das INICIAIS feitas pór BACHAREIS, onde eless so assinam,EU JA FIZ CENTENAS, PASSEI EM 5 CONCURSOS E VC em quantos?? Fim desse exame, que nao prova nada

      Excluir
    7. Renato, concordo. Mas a critica não deve ser ao estudante mas ao ensino de má qualidade.

      Excluir
    8. Cala te, não sabe o que esta falando...

      Excluir
  3. Uma decisão do Presidente que eu não concordo, por vários motivos, uma delas é que todos os alunos de direito sabem que só sairão da faculdade com o diploma de bacharel, portanto não devem reclamar depois, o mercado já está saturado de advogados imagine se entrarem mais 1,5milhoes ? O exame nao é fácil mas se estudar passa, quisera eu que todas as profissões tivessem um exame nesses moldes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Na maioria das outras profissões a concorrência gere o mercado. A concorrência deve desestimular ou estimular o número de interessados em cursar Direito.

      Excluir
    2. Quer dizer que o exame da OAB é mais produtivo do que os cinco anos de direito?
      Derrepente o aluno passa na OAB e todos os cinco anos de vagabundice dele na faculdade está resolvido?
      A faculdade de direito mais parece um cuesinho pra poder passar na prova da OAB kkkk e não pra ser advogado.
      Deviam dar oportunidade pra quem não quer fazer faculdade e estuda apenas em casa, ou trabalha como secretária em algum escritório de advocacia para prestar a prova da OAB e se conseguir passar poder exercer a profissão de advogado tbem kkk

      Excluir
    3. O Médico, o Dentista, o Engenheiro, o Arquiteto,....todos saem com o mesmo Diploma de Bacharel. Será que a OAB tem de ser diferente ou é uma reserva de mercado?

      Excluir
    4. Aplicado pelo MEC e não por instituição que prevê reservas de mercado.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Fim do exame e reserva de mercado já!!!
    CPI na OAB

    ResponderExcluir
  6. Na verdade uma das profissões que nao deveria fazer prova é a advocacia, pois somos inofensivos, nao matamos quando erramos em algum processo, o engenheiro se errar algum cálculo,pode matar pessoas, o médico também. Não usamos cálculos mortais, bisturis e muito menos recrutamos medicamentos errados. Independente existem profissionais e profissionais,quem for o Melhor ficará no mercado... Não interessa se somos milhares Bacharéis,temos Direitos trabalhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou engenheiro, e se errarmos podemos colocar em risco de morte diversas pessoas ou um investimento de milhões.
      Do mesmo modo, um advogado pode acabar defendendo um criminoso ou encriminando um inocente, e não venha dizer que isso é competência de julgamento, que se trata de competência de juiz.

      Profissional deve ser etico profissional em qualquer área.
      Se o advogado sabe que o seu cliente é criminoso, ele tem q brigar para reduzir a pena é Não em liberta-lo ou colocar culpa em um inocente.

      Excluir
    2. Concordo plenamente!! Um médico não passa numa prova pra sair por aí cuidando de vidas.

      Excluir
    3. Não estamos falando de competência no trabalho, pois isso em qualquer profissão temos que ter, estamos falando de direito de trabalhar.Voce cursou sua faculdade de engenharia, passou por todo processo, se sacrificou, gastou e no final disso tudo saiu com o seu direto de exercer sua profissão nas mãos, a sua competência vc vai construir, depende somente de você, sem precisar que nenhum órgão o faça pra você.
      Mas quem quer ser um advogado tem que passar por muitas coisas assim como você e se sujeitar a. Ser avaliado por outro órgão, que digam de passagem são renomados advogados presidentes da OAB que não precisaram passar por essa palhaçada.
      Essa prova não avalia ninguém quem vc conhece que passou com 90% ou mais?
      A maioria passou na média ou se beneficiou das questões anuladas para isso de a OAB não pode fazer nada. 5t

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. E o pelo jeito, nem na média e nem em questões anuladas você foi beneficiado. Cara, já que não mede conhecimento e você se acha tão competente para defender uma pessoa sem a realização de qualquer exame da ordem, a qual se resume em Casos práticos, vai la e passa no exame. Lá você pode errar, aqui fora, trabalhando com vidas, liberdade, você não pode. Você deve ser um tipico frustado que nao é capaz de passar na prova da OAB e fica usando mil desculpas para justificar sua incompetência, como e o caso de defender essa ideia imbecil.

      Excluir
    6. Resposta perfeita Welbão. E desde quando o nosso trabalho não pode expor a vida de nossos clientes em risco? Tenho dois exemplos práticos, por um erro de uma juíza aqui em Curitiba um rapaz que deveria estar em liberdade foi morto dentro da cadeia, tudo por conta de um atraso no cumprimento do alvará de soltura, em outro caso prenderam um menino por engano, o mesmo passou um final de semana preso, mesmo sem dever nada, alguns dias depois esse menino cometeu suicídio. Esses são dois casos que observei de perto, não eram meus clientes, mas um foi amplamente divulgado na mídia e outro eu conheço a advogada que trabalhou no caso. São só dois exemplos, porém, existem muitos casos em que por conta de erro do advogado, a vida do cliente é destruída. Ainda bem que o bacharel aí não passa no exame, com essa visão dele sobre a advocacia, coitados dos clientes que tivessem a infelicidade de contratá-lo.

      Excluir
    7. QUE nome podemos dar a pessoas que defendem o ilegal?? Se essa oab nao existe de DIREITO, como pode cobrar?? Ha aqui um ESTELIONATO, e quem comunga disso, DEVERIA TER VERGONHA de falar que é ADVOGADO ou DEFENDE LEIS, a oab esta extinta e quem a defende esta as MARGENS DA LEI, é isso e PRONTO

      Excluir
  7. Sou formada em Bacharel de direito e não fiz a prova e nem sei se vou fazer, porque não quero advogar e nem trabalhar na área, mas na minha sala várias pessoas passaram colando, e tem um senhor de 60 anos que passou tudo colando e esta tentando a 3 anos passar na prova e não passa, acho bom sim a prova, porque assim prova quem estudou e quem só foi para a aulas para brincar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De outro norte, há alunos (as), que só chegavam na aula para pegar presença e saiam para festinhas, além de colarem nas provas. Sabe o que aconteceu quando fizeram o exame? Papai e mamãe pagaram cursinhos de alto valor e o resultado sabe qual foi? Passaram na seletista prova da OAB. Ou seja, tenho para mim, que o exame e os milhares de cursinhos, estão todos interligados com um único intuíto que é arrecadatório.

      Excluir
    2. O Brasil desde quando foi descoberto tem sido uma mentira....

      Excluir
  8. Não entendo o motivo de tantos advogados serem contra o fim do exame da OAB. Sendo advogados, bem sabem que tal exame fere princípios constitucionais, como o da ISONOMIA. A qualificação para o exercício da profissão, se dá com a colação de grau pela faculdade, que é autorizada pelo MEC. Não é uma prova seletista que irá apontar quem é bom ou ruim. Por trás desse exame, há milhares de cursos preparatórios, que faturam milhões de reais. Tal exame usurpa o livre exercício da profissão, bastando para tanto a qualificação, que é a graduação. Isso é o que rege o art. 5° da CF/88.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, também não entendo o porque de muitos advogados praticamente advogarem CONTRA esta causa. Estão sendo contra de colegas mais novos em troca de quê? Muito estranho isso... Quanto mais profissional, mais demanda! É assim que funciona.

      Excluir
    2. Considerando, que ninguém está acima da constituição federal, o seu comentário está em consonância com artigo 5° inciso XIII cláusulas pétreas.. portanto ou estão enganando os bacharéis em direito,pois se o mec conforme consta na constituição federal e o orgao competente para certificar o bacharel de todas as profissões..nesse sentido ou o mec cumpre os ditames legais,ou a OAB deve ser nomeada representante deste órgão emissor de certificado que não tem valor legal..emb emb a constituição federal deixa claro sua validade.

      Excluir
  9. Já está mais do que na hora de acabar com esse exame que não examina ninguém, só visa o dinheiro da taxa de inscrição(260,00), até o último exame. Só passa um número X de bacharéis. Fim! Somos avaliados por CINCO longos anos por dezenas de provas, trabalhos acadêmicos, estágios, TCC...

    ResponderExcluir
  10. Tá, mas você não explicou o porquê de engenheiro ou médico ou contador não precisar se submeter a um exame de ordem da sua respectiva classe para comprovar qualificação para o e exercício da profissão ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O curso de Direito, forma o bacharel em direito e não advogado, muito diferente do curso de engenharia ou contabilidade que formam engenheiros e cobradores respectivamente.
      Quanto a prova, é só estudar que passa.

      Excluir
  11. Fim do exame sim! Quem quiser continuar pagando a OAB a contribuição deverá ser livre. Foi se tempo que a OAB era importante para a sociedade. Hoje abriga um monte de malandros que vivem às custas do trouxas. Se recusa a prestar contas do seu faturamento, atua como partido politico, não defende a sociedade em porra nenhuma, enfim....não presta pra nada mesmo!

    ResponderExcluir
  12. Fale por vc, eu estudo, não colo, faço um estágio extracurricular e um obrigatório. Os professores são capacitados e a universidade tem gabarito, aliás nota 4 do MEC. A seleção natural aponta os melhores advogados. Pretendo fazer o exame da ordem ano que vem, porém não discordo que o exame se ampara em uma brecha jurídica. Caso vc seja estudante de direito deve saber disso!

    ResponderExcluir
  13. O Exame da oab não garante ao bacharel atuar; ainda que ele passei com 80 pontos na 1a fase e 10 na 2a fase, Não advogará; somente se efetuar a inscrição na ordem, ou seja, esta balela que o exame é para filtrar competência jurídica é estória da carochinha. #prontofalei!!

    ResponderExcluir
  14. Certíssimo. Apoio o livre mercado, sem nenhuma entidade, organização, autarquia, etc metendo a mão pesada sobre as pessoas. Ora, se o advogado for ruim, logo ele não vai ter sucesso como um bom advogado. Aliás, prova da OAB só serve pra demonstrar que estudaram pra passar. Se vc advogado é contra, deve ser por medo de perder cliente. Não é seguro de si? Tem medo? É muito mimimi

    ResponderExcluir
  15. O exame da OAB deve ser feito pelo MEC.....e não por entidades privadas,e os Advogados devem ter oportunidades de fazer o Mestrado e o Doutorado por universidades públicas....o exame deve ser feito pelo MEC e fiscalizado pela policia federal...chega de utilizar a ordem para fazer politicas comunistas, quando deveria está lutando pela classe dos Advogados....Parabéns ao Ministro da Educação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Notaram neste presidente justamente pelo seu liberalismo. Apesar da burrice em se meter na política de preços da Petrobrás. Fim da prova da OAB já.

      Excluir
  16. Sou bacharel em direito, mas nao passei na prova, ainda. Não sou a favor de retirar o exame, mas poderiam reduzir o valor da inscrição, pois acho muito caro. E fico me imaginando, para onde vai esses 260 reais dessa turma toda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tão importante o valor da inscrição para OAB,que pasmem.. aquele que requerer a gratuidade para sua inscrição , deverá provar estar inscrito em algum programa do governo federal,como bolsa família ou seja beneficiado por algum,pois na licitação está bem Claro, não terá deferimento da inscrição é deverá pegar o boleto sob pena de não estar valido a sua nscrição..

      Excluir
  17. Outro exame que precisa acabar é o exame do cfc. Concelho Federal de contabilidade. Na prática é uma espécie de OAB

    ResponderExcluir
  18. Renato, você foi brilhante, "Estudante cagando e andando, colando em provas para passar e o cara vem falar de cinco anos longos? Esse sujeito é uma piada". Exatamente isso.

    ResponderExcluir
  19. Não sou advogado e nem estudante, mas não acho a pessoa estudar 5 anos e pagar caro as vezes para estudar e chega no final do estudo tem que passar pelo exame da OAB? Pra que estudar muito e chega no exame fica mais de três anos pra concluir.

    ResponderExcluir
  20. Finalmente o um governo que quer acabar com os árbitrios de picaretas.

    ResponderExcluir
  21. Não cabe á OAB o julgamento de qual é a melhor ou pior instituição de ensino, e tampouco é a pessoa mais ou menos apta ao execício profissional.
    A OAB deveria se preocupar com sua validade Vencida A sociedade brasileira não pode pagar mais pelo luxo de gastos bilionários de uma entidade de classe (OAB) que representa somente a seus propósitos e interesses, divorciados dos interesses sociais e coletivos, sobretudo. Tem advogado com cérebro de alfinete e carteira da OAB.

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

  23. Acredito que a prova dever existe sim!
    mas sobre o poder do Estado o MEC organizando. A oab não e pra ter este poder ela não e o eatade.

    ResponderExcluir
  24. Reinaldo12 de abril de 2019 21:43
    Acredito que a prova de ar existe sim, mas sobre o poder do Estado o MEC organizando. A oab não e pra ter este poder ela não e o estade.

    ResponderExcluir
  25. Precisa acabar com esse exame urgente presidente Bolsonaro.
    Não podemos mais aguentar essa sacanagem em fomos e estamos sendo submetidos

    ResponderExcluir
  26. A maioria que reclama são advogados preocupados com reserva de mercado, acontece que a OAB é um sindicato que quer se tornar o 4º poder na república que arrecada 1 bilhão por ano. Nem o CFM exige uma prova de seus formandos para exercer a medicina, será que o médico cuida de um bem menos valioso que o advogado? Pensem bem...

    ResponderExcluir
  27. temos que ser mais moderno. O que tinha que acabar era com o curso e no lugar seria aplicada uma prova de ma4ca com 10 questões. Quem acertasse mais de 40% recebia diploma e direito de exercer a profissão. Só a economia que se faria fechando tudo quando curso superior salvaria a previdênca

    ResponderExcluir
  28. Comparar exame da ordem com concurso é uma aberração. No exame da ordem se o bacharel atingir a nota de corte, ele estará habilitado para advogar. No concurso somente as maiores notas serão aprovadas. Sou bachatel ainda. Estou estudando para segunda fase do exame e, mesmo que eu não consiga passar, sempre serei favorável ao exame.
    Dizer que não deveria ter prova porque é uma profissão que não mata ninguém....quanta idiotisse. Formule errado uma inicial, um recurso etc.. E com isso seu cliente não consiga um acesso ao médico ou remédio, ou tenha sua única casa perdida. Isto também pode levar o individua para morte.
    Quando entramos na faculdade já conhecíamos a regra do jogo. Então é só deixar de mimimi e estudar que dá para passar no exame.
    Falar em reserva de mercado, outra idiotisse. Se todos que fizerem o exame passarem, todos receberão a carteira vermelha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc passar meu amigo vai ser pura sorte, por que vc nem sequer sabe escrever direito. Veja acima como vc escreveu IDIOTICE 2 vezes. É de lascar ter um ADVOGADO com seu nível de português.

      Excluir
    2. Ifer, eu não sou formado em direito, mas erros de digitação em um pequeno celular não prejudicaria a aprovação em uma prova da OAB, mesmo pq preciso apenas saber fazer x pra responder as perguntas.
      Trabalho em um escritório de advocacia e a maioria das pecas são feitas por mim, e raramente são alteradas pelo advogado que as assina.
      Vendo as questões da prova da OAB e experiência adquirida no escritório, tenho certeza que estou mais capacitado a ser aprovado do que a maioria dos formandos.
      Se vc acha que uma pessoa só está qualificado para o mercado após passar na prova, posso garantir que está muito enganado, acompanho processos o tempo todo e vejo quanta merda é feita por muitos advogados com carteira da OAB. Mas se mesmo assim gosta de pagar valores absurdos anualmente sem qualquer contra partida que justifique, problema seu, mas estamos em uma democracia, onde as pessoas deveriam pagar por apenas aquilo que elas acreditam.

      Excluir
  29. EXAME TENDENCIOSO..INADEQUADO..SEMPRE REPLETO DE PEGADINHAS ..ERROS E CONTRADIÇÕES..
    DEIXE O RECÉM FORMADO EXERCER SEU DIREITO PROFISSIONAL...
    O PRÓPRIO MERCADO IRÁ SEPARAR OS MELHORES..
    O EXAME JAMAIS MEDIRÁ..OU SERVIRÁ DE PARÂMETRO PARA CAPACIDADE PROFISSIONAL..
    MUITOS ADVOGADOS EXPLORAM O TRABALHO DE BACHARÉIS NÃO INSCRITOS ASSIM SÓ ASSINAM AS PETIÇÕES...OU VERIFICAM OS ANDAMENTOS DIGITAIS DOS PROCESSOS..
    ESSE EXPLORAÇÃO TEM QUE ACABAR

    ResponderExcluir
  30. Os bacharéis em direito deveriam ter número de inscrição com poderes limitados de atuação.Se quiserem ter poderes gerais de atuação deveriam passar no exame da ordem.Simples assim, acabava com essa polêmica de vez!

    ResponderExcluir
  31. OAB foi EXTINTA pelo Decreto no. 11 de 18 de Janeiro de 1991 portanto, ela cobra valor ilegalmente e aplica provas sem nenhum respaldo legal. Ironia q a própria OAB descumpra leis e habita entre os advogados. NEM CNPJ ELA TEM. É ILEGAL!

    ResponderExcluir
  32. Concordo eu mesmo já sou bacharel a 20 anos já fiz 5 vezes e fico por 2,4.2.3 E a última que fiquei mais longe fiquei por 6 ponto já trabalho como assistente juridica sou escritora portanto não mede capacidade,é apenas uma fábrica de dinheiro.

    ResponderExcluir
  33. Falou tudo Renato. Se com o exame já tem gente fazendo merda imagina sem ele. Caos total.

    ResponderExcluir
  34. O exame não qualifica absolutamente ninguém,aqueles que tem uma rotina forense observam nitidamente as falhas de diversos advogados, ora em qualquer profissão o que qualifica o profissional e a rotina, são os orientadores,são os estágios, logo com o fim deste infeliz exame o mercado selecionará os bons e ruins profissionais como em qualquer segmento.De fato a OAB e alguns integrantes querem se colocar numa condição que não os compete, a hora e de deixar as vaidades de lado e cada qual buscar seu espaço no mercado de trabalho, aqueles que afirmam que isso não pode ocorrer ao que parece temem a concorrência.
    Se o senhor que insiste nesta falácia que sem o exame a qualidade dos profissionais será inferior, ora que bom porquestra você que se achá acima da média continuará com espaço garantido não é mesmo ?

    ResponderExcluir
  35. Fimdoexamedeordem.com.br


    Fimdoexamedeordem.com

    ResponderExcluir
  36. O curso de direito não forma advogados, e sim bacharel em direito. Mas para ser advogado se faz necessário ter o curso de direito. Todo estudante de direito sabe que não basta ser bacharel em direito para ser advogado, mas é condição "sine qua non" para ser advogado. E claro passar no exame da OAB. Ao invés de tirar o exame da OAB, deveria ter exame no CREMEB, CREA, ...
    Sabemos que muita gente só vai pra faculdade cumprir tabela e outros só aparecem nos dias de provas, colam o tempo todo e no final sai com um diploma, mas conhecimento mesmo, "zero, e são essas pessoas que vão construí prédio, pontes, fazer cirurgias, cuidar da saúde alheias, administrar medicamentos dentre outras funções tão nobres mas que vemos tantos desastres. E porque será?
    Profissionais despreparados e não avaliados pós referidos conselhos antes de e trepar u.a carteira de habitação profissional em suas mãos.

    ResponderExcluir
  37. Essa prova da OAB é só uma forma de arrecadar dinheiro , não diz nada sobre conhecimento . Primeiro os que aprovam se convertem em advogados e dentro de um dia ou um mês ,teve uma mudança na lei ,uma ementa ,uma revogação de decreto,um novo decreto ,uma nova lei ,uma nova súmula e por aí vai.A pergunta é o advogado que passou na OAB vai saber dessas mudanças do código? Claro que não vai ter que voltar a se reciclar estudando as novas modificações ,resumindo o exame da ordem é uma desordem jurídica .

    ResponderExcluir
  38. Acho o exame necessário, mas não nos moldes que é aplicado, cheio de pegadinhas e com intuito de reprovar, isso tem que mudar sim.

    ResponderExcluir
  39. Eu, por ser formado em direito sei bem o quão difícil e necessário e o exame da OAB!
    Conheço pessoas que se formaram comigo que mal sabem ler e escrever e que se formaram
    na base da cola. Eu reprovei por duas vezes e fui aprovado na terceira. Esse exame não poderá ser extinto, por vários motivos. Acho que seria melhor ter exames para todos os cursos superiores, pois o mercado de trabalho está cheio de " profissionais " totalmente incompetentes. Vc que defende o fim da ordem, te dou um conselho: ESTUDE MAIS! E PARE DE MIMIMI.

    ResponderExcluir
  40. E vamos a polêmica.
    Esse Ministro está corretissico.
    A prova da OAB transfomou-se num concurso público" sem remuneração " e arrecadação de alguns cursinhos de direito
    Nada contra a prova. Mas, a forma que estão elaborando é deixar qualquer um fazendo terapia.
    Confesso que até "síndrome de pânico " tive, em função desta "maldita" prova.
    Falta bom senso da banca. No sentido de elaboração, principalmente na 2a. Fase.
    Banca acorde! Não dificulte a vida dos bacharéis, pois não existe nenhum conselho fazendo PROVAS a este nível.
    Deveria repensar a pedagogia e metodologia aplicada .
    Eu já desisti, e nem por isto deixo de atender colegas para tirar dúvidas, em relação a peças e argumentações.
    E até assim já ouvi, tô com minha carteira, mas não sei nem para onde vai isto....E aí?

    Fica a Dica! Conselho Federal da OAB

    ResponderExcluir
  41. Gente, isso é um absurdo. Muito se fala que precisamos ser iguais a países europeus ou aos EUA, mas nisso vocês querem ser diferentes. Nós Estados Unidos existe a BAR e se não passar não advoga, ponto. E lá, dá última vez que eu li, em quase todos os estados é preciso fazer a prova novamente se quiser exercer a advocacia em um estado diferente do que realizou o exame inicialmente. Na Alemanha a mesma coisa, só que lá o exame tem muito mais etapas e é realizado ao longo de vários anos, e se o candidato não passar só pode tentar mais uma vez, se rodar de novo pode dar adeus. Queremos benefícios americanos e europeus mas não queremos os ônus? Parem e pensem, por favor.

    ResponderExcluir
  42. A Advocacia como ferramenta para lavagem de dinheiro através doshonorarios advocaticios, isso a OAB aprova? Atualmente ladrões em geral contratam os maiores bancas de advogados porque a origem dos recursos não pode ser contestada. Kkk

    ResponderExcluir
  43. A primeira fase do exame ainda se admitiria por ser genérica porém a segunda fase pressupõe que o candidato tenha cursado uma pós graduação. Um recem formado não pode ser cobrado como se especialista em algum ramo do direito.

    ResponderExcluir
  44. Não sei quem é mais imbecil: Se esse ministro que acha que é do STF pra querer mudar entendimento constitucional ou esses bacharéis em direito que acreditam nessa promessa de campanha de Bolsonaro por não saberem sequer que a OAB possui natureza jurídica sui generis e que por isso não está sob o poder do governo Federal . Ôh geração medíocre essa.

    ResponderExcluir
  45. Passa cinco anos na faculdade privada colando. Tem que ter prova de ordem mesmo. Queria que na área de educação fosse assim Também. Queria vê esse monte de estudante sentando a bunda na cadeira e esudar. Ensino superior privado no Brasil é um comercio e muito rentável. Na faculdade privada,quem manda é o aluno.

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  47. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  48. Nao concordo com a extinção da prova, o Brasil tem mais advogados que o resto do mundo inteiro, advogados! Fora os bacharéis em direito que valem menos que um estagiário enquanto cursando o curso, ai vc imagine se o exame for extinto, tem gente ai com 15 a 20 anos que são bacharéis e não tem a mínima ideia de como funciona o direito, não estão reciclados, o codigo civil mudou de 2002 pra ca, o codigo de processo civil mudou em 2015, leis especiais, súmulas vinculantes, jurisprudências e etc que nascem a cada dia, ai o sr. pega esse povo e da uma OAB de graça pra eles, a advocacia já sofre por seu excesso de cursos e bacharéis despreparados em todo o país, mesmo com um exame que desqualifica mais ou menos 82% de seus candidatos, resumindo, o fim do exame de ordem é injusto com quem prestou, e causaria um caos ainda maior que ja vive hoje o sistema judiciário. Lembrando aqui que sou aluno de direito no sexto período, e não quero ser taxado de fracassado por conseguir de graça minha OAB enquanto tantos deram o sangue por ela.

    ResponderExcluir
  49. Essa ação é perpetrada por um bando de frustado que nunca conseguiram passar no exame de ordem...ao invés de gritarem, edtudem e passem no honrado exame!!!

    ResponderExcluir
  50. E só o basico, oab tem que fiscalizar. A cada ano, ver se os bacharéis estão ou nao fazendo o dever e prontk, quem é oab pra falar quem é quem

    ResponderExcluir
  51. Incrível como a gente quer nivelar tudo por baixo. Um exame que apenas exige um mínimo de conhecimento e a pessoa não passa. Solução ? Estudar mais ? Dedicar-se a leitura ? Imagina. Vota no "mito" e assiste aula do astrólogo e acha que vai resolver a sua incapacidade. Nelson Rodrigues tem razão. Tamo no meio da Revolução dos Idiotas. Descobriram que são em maior número.

    ResponderExcluir
  52. Exame DA ordem = reserva de mercado descarada!!

    Tem que ser muito imbecil para não perceber algo tão claro!

    Uma instituição que não precisa mostrar onde enfia o dinheiro.
    Não precisa não mostra é arbitrária. E na hora de falar em nome da lei, do direito e advogados nela inscrita. Fecha os olhos.
    Quantos escritórios pagam abaixo da tabela para os advogados associados por exemplo?
    E o "office boy que faz todo o trabalho que o advogado deveria fazer e também ganha uma merda,sendo explorado até sua ultima gota de suor?

    Esse exame é imoral !!! tentar justifica-lo é uma maneira pífia de defender algo que é nojento e imoral. É ser burro o suficiente para engolir contos da caronchinha de que o exame qualifica alguém.
    Conheci em minha vida muito bacharel sem a dita carteirinha, serem esforçados e bons. E colegas ditos "qualificados" que não sabiam peticionar direito.

    ResponderExcluir
  53. Alguém que é contra uma entidade de classe aferir conhecimentos que quem pretende exercer uma profissão, só pode ser alguém que não conseguiu ser aprovado no exame.

    O OAB não tem poder nem competência para fiscalizar os milhares de cursos de Direito que se abre todos os anos no País, logo, o faz através do seu exame.

    Vamos lá, estudar um pouco não custa nada, quem dera isso acontecesse com os cursos de medicina, odontologia, engenharia...

    ResponderExcluir
  54. O problema é que existem três vertentes: a teoria na faculdade, a realidade da prática no dia-a-dia e, o que o Exame quer que vc responda! Há, pelo menos, que se moldar ajustes.

    ResponderExcluir
  55. Idiotice desses que se dizem melhores na prática jurídica pq passaram na OAB, faculdade boa ou ruim existem em todos os cursos..... é só verificar a carreira médica, não precisam de exame de ordem, ainda assim existem milhares de bons profissionais e isso não traz qualquer prejuízo pra sociedade....a OAB não passa de um sindicato travestido de ordem.... só tem militante de esquerda...

    Bons profissionais provam sua capacidade trabalhando e nao com títulos ..... Parabens ao novo Ministro!!!

    ResponderExcluir
  56. A melhor avaliação aos advogados ou qualquer outro profissional é o MERCADO (cliente).

    ResponderExcluir

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.