Advogado que assumiu ser de facção criminosa tem condenação suspensa pelo STJ

Postado em 3 de junho de 2019 \ 0 comentários


O recurso da defesa do advogado acreano Manoel Elivaldo Júnior foi aceito pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na última sexta-feira (31). Com isso, sua condenação de sete anos e dois meses foi suspensa pela justiça.

O advogado foi condenado pelos crimes de porte ilegal de arma, disparo de arma de fogo e participação em organização criminosa, após ter gravado um vídeo dizendo pertencer a facção criminosa Comando Vermelho.

De acordo como advogado do Elivaldo, Silvano Santiago, o STJ determinou que o Tribunal de Justiça do Acre reanalise o processo haja vista que, a pena que o TJ-AC tinha aplicado, no momento não existe, porque eles vão ter que julgar o caso novamente, cuja data não está marcada.

No dia 27 de abril, Manoel foi preso por ameaçar a ex-namorada dentro de uma delegacia.

Com a carreira envolta em escândalos, o advogado também virou notícia ao tirar a roupa durante uma audiência.

ENTENDA O CASO

Em setembro de 2018, após o Ministério Público do Acre (MP-AC) recorrer, a Justiça voltou atrás e condenou o advogado. Na época, a Justiça determinou o imediato cumprimento da pena, independentemente de novo recurso.

Júnior foi preso preventivamente em novembro de 2017 após dois vídeos dele circularem na internet, um onde apareceu com uma submetralhadora e em outro afirmando ser membro de facção criminosa de Rio Branco. 



Fonte: www.contilnetnoticias.com.br

categoria:

0 comentários

-------------------------------------------------------------------------
É um prazer receber seu comentário e ter sua participação.
Repasse a seus amigos e convide-os a opinar também.