Farmácias de manipulação podem vender álcool gel ao público

Autorização é temporária e faz parte das ações de proteção para o enfrentamento da emergência de saúde de importância internacional em decorrência do novo coronavírus.

25/03/2020 08h57

A Anvisa autorizou as farmácias de manipulação a prepararem e venderem álcool gel de forma direta para o público. Com essa medida, a Anvisa pretende ampliar o acesso da população a esses produtos, considerando o alto número de farmácias de manipulação em todo o Brasil.  

Essa autorização é temporária e faz parte das ações de proteção para o enfrentamento da emergência de saúde de importância internacional em decorrência do novo coronavírus. A Resolução da Diretoria Colegiada 347/2020, que regulamenta o tema, foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18/3).  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Abrangência 
As farmácias de manipulação já têm expertise para a manipulação de medicamentos e outros produtos. Com a decisão, as farmácias magistrais, como também são conhecidas, poderão preparar

álcool etílico 70% (p/p),
álcool etílico glicerinado 80%,
álcool gel, álcool isopropílico glicerinado 75%,
água oxigenada 10 volumes e 
digliconato de clorexidina 0,5%  
Todas essas fórmulas são preparações antissépticas ou sanitizantes que podem ser utilizadas no combate ao coronavírus. Até então, somente indústrias de cosméticos podiam fabricar esses produtos, com necessidade de autorização da Anvisa. 

Fonte: ANVISA

Anuncie na Nação Jurídica

Faça com que sua marca seja vista por toda a nossa Nação!