Aos 21 anos, advogado mais jovem do Brasil poderá atuar nos EUA

06/04/2021 21h27

Mateus Costa-Ribeiro formou-se em direito, ganhou um caso no mais alto tribunal do Brasil e concluiu um mestrado na Universidade de Harvard, tudo isso ainda antes da idade legal para beber.

Na próxima quinta-feira, ele se somará a essa lista de realizações precoces, tornando-se uma das pessoas mais jovens nas últimas décadas a ser admitido como membro da ordem dos advogados do estado de Nova York.

Aos 21 anos, o Sr. Costa-Ribeiro trilhou um caminho notável, pois as faculdades de direito geralmente incentivam os alunos a começar mais tarde, quando eles têm não apenas o conhecimento, mas também a maturidade para uma carreira que pode envolver processos multimilionários e alterar o curso da vida das pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O Sr. Costa-Ribeiro disse que traz uma maturidade além de seus anos para sua carreira jurídica. “A maneira como você lida com um cliente, a maneira como você explica uma decisão difícil que veio de um juiz, a maneira como você diz a alguém que ele ou ela vai para a cadeia, você precisa de algum tipo de estrutura de vida para ser capaz de lidar com essas situações ,” ele disse.

Costa-Ribeiro, que cresceu em Brasília, capital do Brasil, disse que sua trajetória para o direito começou quando ele tinha 13 anos e sua irmã estava fazendo o vestibular para a faculdade de direito. Seu pai, também advogado, incentivou o filho a fazer o teste também. O menino entrou na faculdade de direito, mas ainda tinha mais três anos de ensino médio para concluir. Ele finalmente solicitou a um juiz que fizesse os exames finais do ensino médio quando tinha 14 anos.

Fonte: n1sergipe.com.br

Anuncie na Nação Jurídica

Faça com que sua marca seja vista por toda a nossa Nação!