OAB suspende registro de advogado suspeito de estupro e importunação sexual

20/07/2021 10h29

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) comunicou nesta sexta-feira (16) que decidiu suspender o registro do advogado Jefferson Moura Costa, de 45 anos. Ele foi preso em flagrante na última quinta-feira (13), suspeito de estuprar um diarista que fazia faxina para o advogado. Ontem, a justiça decretou a prisão preventiva. 

O presidente da OBA Piauí, Celso Barros Neto,  informou que o Tribunal de Ética já abriu processo disciplinar contra o advogado Jefferson Moura Costa. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O presidente classifica as denúncias como fato “gravíssimo, crimes bárbaros” e que segundo ele, “não pode ficar impunes”. Ainda de acordo com Celso Barros, o processo disciplinar segue respeitando todos os tramites, inclusive com ampla defesa e que o advogado pode ser expulso dos quadros da Ordem.  

"Vamos pedir cópias do inquérito, depoimentos, perícia para que a gente possa incluir no processo disciplinar”, completa Celso Barros. 

O advogado Jefferson Moura Costa é suspeito de estupro contra uma diarista e importunação sexual contra uma vendedora em Teresina. 

Nesta sexta-feira (16), a titular da Delegacia da Mulher Vilma Alves deve ouvir o depoimento de mais quatro vítimas.

Outros crimes

O advogado responde na justiça do Piauí crimes como  desacato, corrupção ativa, porte ilegal de arma, há também um homicídio qualificado em Picos, contra o cabo do Exército Arione de Moura Lima, morto com um tiro no tórax.

Fonte: cidadeverde.com.br

Anuncie na Nação Jurídica

Faça com que sua marca seja vista por toda a nossa Nação!