Justiça determina ordem de despejo contra Whindersson Nunes por não pagamento de aluguel

O humorista tem 15 dias para deixar a sala comercial que alugou em São Paulo; valor da ação chega a quase R$ 90 mil

21/07/2022 09h36

O Tribunal de Justiça de São Paulo acatou o pedido de ordem de despejo contra Whindersson Nunes feito pela locatária do lugar, que pede quase R$ 90 mil no valor da ação. O comediante está sendo processado por falta de pagamento de uma sala comercial em São Paulo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

De acordo com ação julgada pela Comarca Regional de Pinheiros em 6 de julho, o juiz do caso achou procedente o pedido de despejo, visto que os pagamentos referentes ao imóvel não estão sendo feitos, configurando uma quebra de acordo.

Conforme a decisão, a qual o R7 teve acesso, o humorista terá 15 dias, contados a partir do último dia 6, para desocupar a sala de forma voluntária, sob pena de despeso compulsório. Whindersson também deverá pagar à autora da ação os alugueis atrasados, multa e encargos reclamados.

 

A assessoria do comediante foi procurada pela reportagem do R7, mas ainda não se pronunciou sobre o caso. O espaço permanece aberto para esclarecimento.

 

Fonte: Correio do Povo

Anuncie na Nação Jurídica

Faça com que sua marca seja vista por toda a nossa Nação!